Alunos de MBA da Porto Business School vencem competição global

Solução de aquicultura para peixes alimentados com insetos criada por uma equipa do The International MBA da Porto Business School destaca-se em competição mundial com 85 equipas participantes.

Uma equipa do The International MBA da Porto Business School, composta por Ana Patrícia B, André Lhamas, Frederico Antas e Tobias Azevedo, venceu The Global Case Competition.

A iniciativa, promovida pela BI Norwegian Business School, EAT e Kearney, tem como objetivo gerar soluções inovadoras para o UN Food Systems Summit em 2021.

Além de um prémio pecuniário no valor de 10 mil dólares, os vencedores ganharam a oportunidade de ver a solução que criaram para resolver o desafio proposto ser integrada numa proposta de ação que será apresentada no certame da ONU em julho de 2021.

The Global Case Competition decorreu entre 5 e 21 de março e contou com a participação de 85 equipas de 65 escolas de negócios do mundo inteiro, entre as quais a London Business School e as Universidades norte-americanas de UC Berkeley ou Wharton.

Após as fases eliminatórias, chegaram às semifinais 15 equipas, de onde saíram as três finalistas. A equipa portuguesa ‘Inbbictus’ saiu vitoriosa com a sua ideia ‘De-bugging Food Systems’, uma solução de aquicultura para peixes alimentados com insetos.

Recomendadas

Só 2% a 3% do planeta permanece ecologicamente intacto, indica estudo

Os autores do estudo lembram que há mais de 30 anos que as áreas naturais, que não foram consideravelmente modificadas pelo homem, foram identificadas como prioritárias nas ações de conservação e proteção, algo que é reconhecido pela Convenção das Nações Unidas sobre a Diversidade Biológica.

CAP vê no ‘Green Deal’ um “documento de marketing da Comissão Europeia”

A última conferência do ciclo para a concretização de uma visão estratégica para o agroalimentar em Portugal realiza-se esta quarta-feira, com a participação de Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Hector Lujan, presidente e CEO da Reiter Affiliated Companies e Ana Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde, entre outros.

‘Green Deal’. CEO da Jerónimo Martins Agro-alimentar defende que produção animal exige “maior disciplina”

Na última conferência do ciclo para a concretização de uma visão estratégica para o agroalimentar em Portugal, promovida pela Lusomorango, à qual o Jornal Económico é media partner, António Serrano argumentou que, “à partida, a pressão vai estar na produção animal, em particular na produção de carne e de leite”. Isto por serem “áreas mais expostas”.
Comentários