Angola realiza em setembro ‘roadshow’ para licitação de nove blocos petrolíferos na bacia do Namibe

Angola vai realizar em setembro, em Luanda, um ‘roadshow’ internacional para apresentar blocos petrolíferos da Bacia do Namibe e Benguela, para a sua licitação, anunciou hoje a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG).

De acordo com um comunicado da ANPG, concessionária estatal angolana e detentora dos direitos mineiros para a prospeção e pesquisa, desenvolvimento e produção de hidrocarbonetos líquidos e gasosos, foi aberto, na terça-feira, o registo para os investidores interessados.

O ato de apresentação inicia-se em 3 de setembro, em Luanda, sendo o prazo de inscrição até ao dia 29 deste mês, seguindo-se Houston (EUA), em 10 de setembro, Londres, em 17 de setembro, e Dubai, em 23 de setembro.

“Além do potencial geológico de cada um dos blocos a licitar, será ainda apresentado todo o enquadramento legal, fiscal e contratual inerente à participação no processo”, refere-se na nota.

Segundo o presidente da ANPG, Paulino Jerónimo, este é um momento importante para Angola e para o setor petrolífero.

Paulino Jerónimo, citado no comunicado, referiu ainda que “a última vez que em Angola se realizou um processo de licitações petrolíferas foi em 2011”.

“Temos, pois, pela frente uma oportunidade única de acrescentar valor ao trabalho dos operadores, ao nosso país e à nossa economia. E estou certo de que esta é uma excelente oportunidade para os investidores internacionais, quer para os que já trabalham connosco, quer para os que querem entrar em Angola e que já fazem parte do grupo de ‘players’ internacionais que habitualmente se interessam por processos desta natureza”, lê-se no documento.

No passado mês de julho, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos de Angola, Diamantino de Azevedo, anunciou que vão ser licitados nove blocos petrolíferos do offshore da bacia do Namibe, mais concretamente os blocos 11,12, 13, 27, 28, 29, 41, 42 e 43.

Ler mais
Recomendadas

Jorge Calvete é o administrador judicial da Orey Antunes que pediu um PER

O prazo para a reclamação de créditos, começa a correr a partir da data da publicação do anúncio no Portal Citius, ou seja, 10 de dezembro de 2019. Os prazos são contínuos, não se suspendendo durante as férias judiciais.

Bankinter e COSEC assinam protocolo de distribuição de seguro de créditos

O objetivo é permitir às empresas a gestão do risco de crédito em condições mais seguras, cobrindo os prejuízos decorrentes do não pagamento das vendas a crédito de bens e serviços em Portugal e no estrangeiro.

Dragagens do porto de Setúbal devem começar amanhã

Administração do Porto de Setúbal diz que está a trabalhar com as associações de pescadores para encontrar uma solução que defenda os interesses da comunidade piscatória.
Comentários