Antiga casa de praia da Ferreirinha no Porto vai ser alvo de reabilitação

O projeto de reabilitação vai dar origem a 23 apartamentos de tipologias T1 e T2. Os trabalhos vão decorrer durante 15 meses num investimento de 4,5 milhões de euros.

O Grupo Omega, através da sua associada Realplano, SA, vai investir 4,5 milhões de euros no projeto de reabilitação e construção da “Casa Ferreirinha”, situada na Foz Velha no Porto, informou a empresa em comunicado esta quarta-feira, 15 de janeiro.

O projeto de reabilitação da antiga casa de praia de dona Antónia Adelaide Ferreira – empresária do setor do vinho na região do Douro no século XIX, conhecida por “Ferreirinha” – vai dar origem a 23 apartamentos de tipologias T1 e T2. Os trabalhos vão decorrer durante 15 meses, estando a gestão e condução técnica dos mesmos a cargo da Omega, Serviços de Engenharia Lda.

Dos 23 apartamentos, 12 são resultantes de uma criteriosa reabilitação da estrutura existente e 11 serão criados de raiz, ficando unidos por um espaço verde. O projeto terá a assinatura do atelier do arquiteto Virginio Moutinho, e vai manter o estilo arquitetónico da casa mãe, edificada no século XIX.

José Carvalho, CEO do Grupo Omega salienta que reabilitação da “Casa da Ferreirinha” será “um marco nesta zona privilegiada do Porto. Os futuros moradores poderão beneficiar de uma zona muito tradicional e tranquila, mas ao mesmo tempo muito próxima do centro histórico do Porto”.

O responsável acrescenta que este “será um condomínio muito exclusivo, para o qual foram selecionados materiais de excelência, tendo existido uma grande preocupação ao nível do desempenho térmico a acústico. Este projeto é uma dos muitos que o Grupo Omega se encontra atualmente a desenvolver ao nível da reabilitação, construção nova e projetos de engenharia”.

Recomendadas

Bankinter e Sonae Sierra concluem primeiras aquisições imobiliárias no valor de 37 milhões

Depois de Espanha, é a vez da sociedade de investimento imobiliário da Bankinter e da Sonae Sierra avançarem com as primeiras aquisições imobiliárias em Portugal. A área total do portefólio adquirido é de 21.227 metros quadrados.

Como doar casa em vida e manter o seu usufruto?

Imagine que pretende doar a sua casa a um familiar, mas deseja continuar a viver nessa habitação enquanto for vivo, salvaguardando o seu direito a residir na mesma – é para isto que serve uma declaração de usufruto. Descubra, neste artigo, tudo o que precisa de saber sobre a doação com reserva de usufruto e como proceder.

Tecnologia é um dos motores de mudança no imobiliário

Especialistas olham para as novas ferramentas como aliadas no setor e acreditam que podem ser a chave para rápidas alterações na forma de trabalhar e promover este mercado. Mas não deixam de sublinhar que nada substitui uma visita presencial.
Comentários