Antigo “Pão de Açúcar” vai ganhar nova vida

O Edifício Pacífico vai ocupar a área de cerca de 49 mil metros quadrados com espaços comerciais, serviços, escritórios, residências com serviços e um hotel.

O projeto, com assinatura da Lucios Real Estate, conta com um investimento de 97 milhões de euros e prevê a conclusão para o último trimestre de 2022. O novo projeto deverá permitir a criação de mais de 800 postos de trabalho. A solução proposta foi a reformulação profunda do projeto inicial, inspirando-se nas novas dinâmicas do Porto e potenciando a capacidade atrativa do centro da cidade.

O empreendimento será construído em plena harmonia com os edifícios e arruamentos circundantes. No total, são quatro novos volumes, onde haverá também um parque de estacionamento público. Serão também feitas alterações no âmbito do domínio público, nomeadamente, com a criação de uma praça pedonal e alargamento da Rua dos Abraços para facilitar os acessos e libertar o fluxo de trânsito da Avenida Fernão Magalhães.

De acordo com a administração do Grupo Azevedo’s, detentor da Lucios Real Estate, “este é, provavelmente, o grande projeto do centro do Porto dos últimos anos, pelo que temos em mãos um desafio que exige uma enorme responsabilidade. A construção existente representa um grave problema de interesse público, apresentando um desenho pesado e desajustado à atual realidade da cidade. O nosso principal objetivo é devolver este espaço à comunidade, promovendo negócios, emprego e novas dinâmicas.”

Este projeto junta-se à diversificada carteira de investimentos da Lucios Real Estate, que conta com várias obras em curso, nomeadamente, os condomínios do Porto, Essenza, no Parque da Cidade, e Montevideu Six Villas, na Foz – e em Lisboa, o República 95.

Recomendadas

Engel & Volkers Porto: “Ajuste de preços permite realização de alguns negócios”

Gustavo Soares, Managing Partner na cidade do Porto da promotora ligada ao segmento de luxo explica ao Jornal Económico que conseguiu manter a faturação no primeiro trimestre do ano “devido à antecipação de escrituras já previstas”.

Programa de Renda Segura da Câmara de Lisboa já recebeu 39 candidaturas

As candidaturas às primeiras 300 habitações arrancaram há cerca de duas semanas e decorrem até 30 de junho.

Imobiliário: APPII lança ‘Programa Relançar’ para colocar Portugal no caminho da recuperação económica

A Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários lança um programa que tem entre outras medidas o relançar dos Vistos Gold, reduzir a taxa de IVA na construção nova e terminar com o AIMI na habitação.
Comentários