António Costa garante segurança pública e sanitária na ‘Final 8’ da Liga dos Campeões

O governante explicou que foi estabelecido um “protocolo muito rigoroso” com a Direção-Geral da Saúde (DGS) em consenso com a UEFA, “para que não haja riscos”, embora tenha lembrado que o vírus se espalhará até que haja uma vacina.

John Thys/EPA

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que está garantida a segurança pública e sanitária, durante a inédita ‘final a oito’ da Liga dos Campeões de futebol, que vai decorrer em Lisboa, de 12 a 23 agosto.

A garantia foi dada por António Costa, num encontro realizado hoje por videoconferência com jornalistas de cinco agências de notícias internacionais.

O governante explicou que foi estabelecido um “protocolo muito rigoroso” com a Direção-Geral da Saúde (DGS) em consenso com a UEFA, “para que não haja riscos”, embora tenha lembrado que o vírus se espalhará até que haja uma vacina.

“Estamos atentos para prevenir consequências”, insistiu, ao recordar a evolução favorável da pandemia na região de Lisboa.

Relativamente à chegada de adeptos dos oito clubes participantes na inédita ‘final a 8’, Costa lembrou que as fronteiras de Portugal estão abertas a todos os países da União Europeia e que “o sistema de saúde português tem boa capacidade de resposta”.

Para o primeiro-ministro português, Lisboa acolhe a prova mais importante de clubes da UEFA, graças à experiência de outras provas como a final da Liga dos Campeões de 2014 ou o Campeonato da Europa de 2004, para além de cumprir as necessárias condições de segurança.

Por fim, “lamentou muito” a ausência de adeptos dos estádios e mostrou-se confiante no sucesso da organização, à semelhança dos restantes eventos futebolísticos que Portugal já acolheu.

Os quartos de final abrem com o jogo Atalanta-Paris Saint-Germain, em 12 de agosto, no estádio da Luz, seguindo-se o Leipzig-Atlético de Madrid, em 13, no estádio José Alvalade, o FC Barcelona-Bayern Munique, em 14, de novo no estádio da Luz, fechando com o Manchester City-Lyon, em 15, no estádio José Alvalade.

Ler mais
Relacionadas

Liga dos Campeões: Dos outsiders Atalanta e Leipzig aos crónicos Barcelona e Bayern. Todos querem erguer a ‘orelhuda’

Paris Saint-Germain e Manchester City querem mostrar que são mais do que poderio financeiro, enquanto o Atlético Madrid deseja chegar ao palco onde já esteve em 2014. Já o Lyon pretende provar que a eliminação da Juventus não aconteceu por acaso.

‘Champions’ em Lisboa. FC Bayern: alemães avaliados em 2,6 mil milhões na ‘pole position’ para levar a taça

A final antecipada frente ao FC Barcelona será um verdadeiro teste à capacidade do FC Bayern em dar continuidade ao momento de forma atual, enquanto procuram juntar mais um troféu da Liga dos Campões ao seu, já recheado, museu. Uma equipa tradicionalmente habituada a estar nas grandes decisões, tem uma prova de fogo frente aos catalães num jogo que promete ser de emoções fortes entre dois dos mais valiosos e históricos clubes do mundo.

‘Champions’ em Lisboa. FC Barcelona: campeão mundial das receitas vem a Lisboa salvar a época

Esta campanha da ‘Champions’ poderá servir como uma espécie de redenção para o FC Barcelona que, depois de perder o título da La Liga para o Real Madrid, vai procurar o sucesso a nível europeu. A tarefa não se avizinha fácil, uma vez que o adversário que tem pela frente é o octacampeão alemão, FC Bayern.
Recomendadas

Figo discute com deputado espanhol no Twitter. “Paguei mais ao Fisco a dormir que tu acordado”

Na rede social, Luís Figo acusou o deputado do ERC Gabriel Rufián de falta de seriedade e de não apresentar propostas. O político respondeu ao lembrar que Figo foi apanhado pelo Fisco, em 2012. O português foi condenado a pagar 2,4 milhões de euros ao Fisco espanhol, por rendimentos obtidos, mas não declarados, em 1997, em 1998 e em 1999.

Vitória de Guimarães vai ter maioria da SAD após acordo com Mário Ferreira

Num comunicado publicado no sítio oficial, o clube minhoto refere que “formalizou um contrato com a Mário Andrade Ferreira, S.A.” para “adquirir, de modo faseado”, até 31 de março de 2022, a “totalidade das ações representativas do capital social da Vitória Sport Clube – Futebol SAD”, por um preço total de 6,5 milhões de euros.

Liga Portugal quer estádios de futebol com até 30% da lotação

A diretora executiva do organismo Sónia Carneiro diz que a ida passa por fazer jogos testes de forma evolutiva com o objetivo de ter cinco mil adeptos nas bancadas.
Comentários