António Costa recebe primeiro-ministro israelita em São Bento na quinta-feira

O primeiro-ministro, António Costa, vai receber em São Bento, na quinta-feira, o seu homólogo israelita, Benjamin Netanyahu, que se desloca a Portugal em visita de trabalho, disse esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial do executivo português.

Cristina Bernardo

A mesma fonte indicou que a reunião entre António Costa e Benjamin Netanyahu terá como tema central as relações bilaterais entre Portugal e Israel, adiantando que não estão previstas declarações aos jornalistas.

Na mesma quinta-feira, António Costa terá também um encontro com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, igualmente na residência oficial do primeiro-ministro.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, chega esta quarta-feira a Lisboa para uma visita de trabalho, durante a qual também irá reunir-se com o chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, disse hoje à Lusa fonte oficial da embaixada de Israel.

Mike Pompeo anunciou no passado dia 27 de novembro que estaria em Lisboa, no final desta semana.

Além do primeiro-ministro português, o chefe da diplomacia dos Estados Unidos tem previsto um encontro na capital portuguesa com o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Recomendadas

PSD questiona Governo sobre apoios para portugueses que estão retidos no estrangeiro

O PSD recordou que “ainda se encontram por regressar a Portugal cerca de 430 portugueses, espalhados por 35 países”

Costa avisa Comissão Executiva da TAP que plano de rotas “não tem credibilidade”

O primeiro-ministro afirmou hoje que a Comissão Executiva da TAP tem o dever legal de “gestão prudente” e “não tem credibilidade” um plano de rotas sem prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras de Portugal.

PS assinala “vontade inequívoca” do Governo de reforçar funções sociais do Estado e fazer investimento público

José Luís Carneiro encerrou a ronda de dois dias de reuniões do Governo com os partidos representados na Assembleia da República para debater o Programa de Estabilização Económica e Social.
Comentários