APED: Preço do gasóleo representa 30% do custo do transporte de mercadorias (com áudio)

“Procuramos acomodar e mitigar estes aumentos mas torna-se difícil quando temos pressão em toda a cadeia de valor”, disse o diretor-geral da APED à SIC Notícias.

O diretor-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), Gonçalo Lobo Xavier | Foto: Manuel de Almeida/Lusa

O diretor-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) notou que o preço do gasóleo tem um peso de 30% do custo do transporte de mercadorias, sendo que este valor acaba por ter um impacto nos custos associados aos transportes. Gonçalo Lobo Xavier sustentou na SIC Notícias que o aumento do preço dos combustíveis fósseis têm “consequências em toda a cadeia de distribuição”.

Para o diretor da APED é importante não esquecer que o “aumento dos preços dos combustíveis está a ser acompanhado pela subida do preço da eletricidade e do gás natural”, valores estes que afetam toda a cadeia de produção e distribuição. Para fazer face a estes preços, Lobo Xavier realça que é preciso “comprar bem, ter a logística bem organizada e uma rotação de produtos bem equilibrada”.

“Procuramos acomodar e mitigar estes aumentos mas torna-se difícil quando temos pressão em toda a cadeia de valor”, disse ao canal televisivo.

Questionado sobre a possibilidade do aumento do preço dos produtos, Gonçalo Lobo Xavier evidencia que é “expectável existir um aumento dos preços finais a médio prazo” devido a um “conjunto de factores que está a afetar a economia e está a colocar pressão nas cadeias de distribuição e de valor”.

O diretor notou ainda que a APED já sinalizou, junto do Ministério da Economia e da Secretaria de Estado do Comércio, “que toda a cadeia de valor está sob pressão”, evidenciando algumas “matérias em que o Governo pode intervir, naturalmente que foi discutido que a carga fiscal é um factor alusivo e que nos retira competitividade”. Gonçalo Lobo Xavier disse ainda que o Governo mostrou alguma sensibilidade para estes temas.

Relacionadas

ANTRAM: Transportadores rodoviários de mercadorias “estão no limite”

Em declarações à Lusa, o porta-voz da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram), André Matias de Almeida, disse que “a descida de um e dois cêntimos no gasóleo e na gasolina é imediatamente consumida pela subida na próxima segunda-feira de cerca de dois cêntimos”.

“Temos fatores de produção exageradamente desfasados [da concorrência]”

O sector agroalimentar português é competitivo, mas perde força por causa dos custos de contexto. Ao JornalEconómico, o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) defende que o Governo tem de ter um papel de apoio. “O Ministério da Agricultura pode estar a pensar em muita coisa, mas na agricultura não está seguramente”, acusa.

Entra hoje em vigor: descida de dois cêntimos no ISP da gasolina e de um cêntimo no ISP do gasóleo

No total, está prevista a devolução de 90 milhões de euros de receita de IVA aos consumidores. A questão agora é saber se as petrolíferas e gasolineiras vão repercutir este alívio no preço dos combustíveis na bomba.

Combustíveis. Governo anuncia descida de dois cêntimos no ISP da gasolina e um cêntimo no ISP do gasóleo

Devido ao aumento do preço dos combustíveis, Governo encaixa mais valor de IVA. Estes 60 milhões de euros vão agora ser devolvidos aos consumidores através da redução do ISP na gasolina e gasóleo. Medida entra em vigor já amanhã.

Subida dos combustíveis “aparentemente descontrolada”, mas temporária, diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, referiu esta sexta-feira, m Lisboa, que o aumento dos preços, nomeadamente dos combustíveis, deverá ser temporário, apesar de “aparentemente descontrolado”, lembrando que o petróleo negociou a preços negativos durante a crise.

PremiumCombustível em máximos, mas ISP não desce e até vai gerar mais receita

Governo prevê arrecadar mais 100 milhões de euros com o adicional ao ISP. Preço da gasolina e do gasóleo disparam mais de 30%.

Estes são os postos de combustível com os preços mais baixos em Portugal

Distrito de Coimbra é o que tem mais postos no ranking de preços mais baixos de gasóleo simples e gasolina 95 simples. Mas os distritos do Porto e de Coimbra também contam com postos.

PremiumGustavo Paulo Duarte: “O Governo só aprende quando carregarmos nos preços a sério”

Líder da maior transportadora nacional critica Governo e avisa que preços dos fretes vão subir até 12%, com escalada dos combustíveis. Bens essenciais vão encarecer e exportações estão em risco, diz.

Sonae admite ser “inevitável” aumento de custos devido à subida do preço dos combustíveis

O responsável pela Sonae MC falava aos jornalistas à margem da inauguração do novo edifício do Centro de Distribuição da Sonae MC, hoje, na Azambuja, que contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sendo o maior entreposto refrigerado em Portugal.

Combustíveis. Carga fiscal em Portugal mais pesada face a Espanha e União Europeia

Em Portugal, a carga fiscal pesa mais sete pontos face a Espanha tanto na gasolina como no gasóleo.
Recomendadas

Turismo do Porto e Norte critica “menosprezo” da TAP pela região e pede mais recursos

“A companhia de bandeira do País, paga por todos os portugueses, não trata todas as regiões por igual e o progressivo esvaziamento da sua operacionalidade no Aeroporto Francisco Sá Carneiro é para nós totalmente incompreensível”, refere Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte, num comunicado hoje divulgado.

Promotor imobiliário chinês Evergrande avisa que pode falhar reembolso de dívida

O promotor imobiliário chinês Evergrande, que se confronta com uma dívida de 310 mil milhões de dólares (274 mil milhões de euros), avisou esta sexta-feira que pode vir a ficar sem dinheiro para “cumprir as suas obrigações financeiras”.

Sines tem as “melhores condições” para atrair investimento direto estrangeiro, diz Eurico Brilhante Dias

O secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, disse esta sexta-feira que Sines (Setúbal) continua a ser a localização do país com “melhores condições para atrair investimento direto estrangeiro”, no âmbito da transição energética e climática.
Comentários