Arábia Saudita: empresas portuguesas identificam potenciais parcerias

A missão empresarial organizada pela AEP decorreu entre os passados dias 7 e 10 de outubro, contando com seis empresas nacionais do setor da construção, que participaram na feira ‘Saudi Build & Stone Tech 2019’.

9. Arábia Saudita

As empresas que integraram a recente comitiva da AEP – Associação Empresarial de Portugal à Arábia Saudita, em termos globais, identificaram “potenciais parcerias que serão agora exploradas, no sentido da efetivação de futuros negócios ou do desenvolvimento e aprofundamento das parcerias já existentes”. a participação foi importante para a abordagem a estes mercados, tendo sido.

A missão empresarial organizada pela AEP decorreu entre os passados dias 7 e 10 de outubro, contando com seis empresas nacionais do setor da construção, que participaram na feira ‘Saudi Build & Stone Tech 2019’, que aconteceu em Riade, capital da Arábia Saudita.

Segundo um comunicado da AEP, esta comitiva nacional foi composta pelas empresas Lightenji (iluminação), Tojalmar e Moca Stone (rochas e pedras ornamentais), Pavimetal (estruturas e construções metálicas), Rodi (lava-louças em aço inox) e Purpledynamics (construção, remodelação e montagem de espaços comerciais e stands), tendo sido recebida, logo no primeiro dia, na residência oficial da Embaixada de Portugal em Riade, pelo embaixador Luis Ferraz, “que deu a conhecer as potencialidades deste mercado”.

“Com uma localização estratégica, a Arábia Saudita está a promover as denominadas ‘Cidades Económicas’, que estão a alavancar o crescimento da região, através de um ambicioso plano de investimentos em sectores chave da economia, providenciando um conjunto de oportunidades de negócio e serviços especializados para potenciais investidores”, destaca o comunicado da AEP.

A AEP explica que, “com o objetivo de apoiar as empresas no seu processo de diversificação de mercados e incrementar o comércio entre Portugal e a Arábia Saudita, esta foi a 12ª vez consecutiva que a área internacional da AEP organizou a participação coletiva de empresas portuguesas na Saudi Build”.

“A primeira participação foi em 2008. Em 2011, a AEP também foi a responsável pela participação na feira Saudi MediCare, dedicada ao setor da saúde”, adianta o referido comunicado.

Para os responsáveis da AEP, “à semelhança de outros países do Golfo, também a Arábia Saudita se encontra num processo de desenvolvimento da sua economia”.

“Para além da exploração de recursos energéticos, a construção tem acompanhado o aumento da população e evidencia taxas de crescimento elevadas. Detentora de um dos maiores fundos soberanos mundiais e um país de rendimento nacional bruto per capita elevado, é uma economia sustentada na produção petrolífera, sendo o segundo maior produtor mundial de petróleo e detendo as segundas maiores reservas do mundo. Caracteriza-se por ser a maior potência do mundo árabe, situando-se entre as 20 maiores economias mundiais, detentora de um mercado altamente competitivo”, explica a AEP.

A feira ‘Saudi Build & Stone Tech’ é o maior certame que se realiza no território saudita para a fileira da construção, materiais de construção, pedras e rochas ornamentais, tecnologias e ambiente.

De acordo com a AEP, “em 2018, a feira teve 500 expositores, provenientes de 31 países, e 18.500 visitantes profissionais”.

“Esta missão foi desenvolvida pela AEP, integrada no seu projeto ‘Business On the Way’, no âmbito do Portugal 2020 e Compete 2020, Programa Operacional da Competitividade e internacionalização, Eixo II – Projetos conjuntos – Internacionalização”, conclui o comunicado da AEP.

Ler mais
Recomendadas

Infraestruturas de Portugal lança concurso público para requalificação do Túnel do Grilo

A verba estimada para esta obra é de 10 milhões de euros, que será destinada para a requalificação da infraestrutura e dos sistemas de segurança do Túnel do Grilo, localizado no lanço Olival de Basto / Sacavém do IC17 – CRIL, em Lisboa.

Habitações licenciadas em Portugal cresceram 8,6% até agosto

O número de habitações em construções novas licenciadas nos primeiros oito meses de 2019 foi de 15.318, o que traduz um aumento de 15,3%, em termos homólogos.

Grupo Quadrante desenvolve novo aeroporto internacional no Gana

Este projeto prevê um investimento de cerca de 63 milhões de euros.
Comentários