Associação DNS.PT implementa centro de operações de segurança

O projeto foi submetido a avaliação pela Comissão Europeia.

A Associação DNS.PT desenvolveu um projeto com vista à implementação de um Centro de Operações de Segurança para “acelerar a capacidade de resposta a incidentes e ameaças de cibersegurança”. A iniciativa foi submetida a avaliação pela Comissão Europeia, tendo sido objeto de aprovação e financiamento.

A implementação deste projeto pressupõe a adoção de uma solução de SIEM – Security Information and Event Management enquanto componente tecnológica chave que permite não só recolher, classificar e avaliar eventos das fontes de dados existentes na rede, mas também executar mecanismos de correlação e priorização de informação relevante.

Do ponto de vista dos recursos humanos, o projeto “reforça a capacitação interna dos profissionais do .PT, através da formação e do desenvolvimento de novas competências, e promove a integração de profissionais qualificados”.

“Além de aumentarmos a capacidade interna de resposta do .pt a incidentes de segurança, o centro de operações de segurança permitirá reforçar a capacidade de cooperação com todas as partes interessadas, nomeadamente a Autoridade Nacional, através da disponibilização de informação estruturada sobre riscos, vulnerabilidades e ameaças”, explica Luisa Gueifão, presidente do conselho diretivo do .PT.

PCGuia
Recomendadas

“Storytelling para Líderes”. Livro com 18 lições explica a importância da comunicação

“Sentia que o storytelling é uma poderosa ferramenta para inspirar, provocar emoções e influenciar – tudo aquilo de que um líder necessita”, confessa a jornalista Isabel Canha ao JE sobre o lançamento do seu novo livro “Storytelling para Líderes”.

Lacerda Sales sobre a festa do Avante: “DGS não toma decisões políticas, toma decisões técnicas”

O Secretário de Estado da Saúde na habitual conferência de imprensa foi questionado sobre a realização da festa do Partido Comunista e fez questão de frisar que “há muitas mais questões que ainda não conhecemos”.

Portugal com 157 casos de infeção e três mortes por Covid-19

Região de Lisboa e Vale do Tejo regista o número mais elevado de infeções ao dia de hoje, tendo confirmado mais 99 casos em relação aos dados da véspera. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 38.600.
Comentários