Augusto Baganha e restante direção do IPDJ vão ser demitidos pelo Governo

Processo está em andamento e será anunciado no início de setembro através de um despacho a publicar em Diário da República, onde serão relatados os motivos para a substituição do atual conselho diretivo do instituto composto por presidente, vice-presidente e dois vogais.

O Governo prepara-se para demitir Augusto Baganha, presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), bem como a restante direção, noticia o jornal online “Maisfutebol”. O despacho será publicado em Diário da República já no próximo mês de setembro.

No documento serão apresentadas as razões para a mudança do conselho diretivo do IPDJ formado por presidente, vice-presidente e dois vogais. De acordo com o “Maisfutebol”, a hipótese para a exoneração da direção liderada Augusto Baganha, apareceu com a criação da Autoridade Nacional contra a Violência no Desporto, que vai esvaziar algumas competências atuais do IPDJ.

A presença de Augusto Baganha na lista da comissão de honra de José Maria Ricciardi, candidato a presidente do Sporting Clube de Portugal, não terá caído bem ao Governo, mas Augusto Baganha já desmentiu a informação, dizendo que não integra a lista de membro da comissão e que a própria candidatura de Ricciardi já corrigiu a informação.

No site da candidatura, o nome de baganha já não consta.

Segundo o “Maisfutebol”, enquanto presidente do IPDJ, Augusto Baganha tem sido alvo de críticas, sobretudo com a passividade do órgão em relação às medidas a aplicar às claques ilegais de futebol.

Recomendadas

PremiumApertem o cinto: ‘downgrade’ está a chegar à Liga portuguesa

Passes de jogadores desvalorizados, poder negocial todo do lado de quem compra, orçamentos que vão ter de ser adaptados à redução de receitas que se espera nos próximos anos, com bilheteira e patrocínios a cair e a operadora NOS a deixar de assegurar um terço das receitas da Liga a partir de junho de 2021. A pandemia acelerou a crise do futebol português e ninguém poderá desenvolver imunidade tão cedo.

Lisboa pode receber final da Liga dos Campeões já este ano, avança “New York Times”

A final da Liga dos Campeões está agendada para Istambul, mas vários órgãos de comunicação social internacionais, como o ‘New York Times’, avançam que a final pode decorrer em outro local, sendo Lisboa uma das hipóteses.

Sporting firma parceria com EDP e equipa Academia de Alcochete com 600 painéis solares para autoconsumo

A parceria prevê projetos de eficiência energética e sustentabilidade, a par com um novo contrato de fornecimento de energia, que vão permitir ao clube poupar pelo menos 180 mil euros por ano na fatura energética.
Comentários