Autoagendamento da vacina só para jovens com 16 e 17 anos. Vacinação de outras faixas etárias será retomada em breve

O agendamento para os jovens de 16 e 17 anos está a ser realizado para o fim de semana de 14 e 15 de agosto – na próxima semana – e a equipa prevê vacinar 223 mil jovens em dois dias, aumentando a população vacinada com uma dose.

Vasco Célio/Lusa

A marcação de vacinação contra a Covid-19 está neste momento, e durante os próximos dias, a funcionar em exclusivo para os utentes de 16 e 17 anos, revelou a task force ao Jornal Económico. Por enquanto, as faixas etárias acima dos 18 anos encontram-se suspensas mas a coordenação prevê a retoma dentro de alguns dias.

O objetivo da task force, liderada pelo vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, é vacinar agora os utentes que se encontram em lista de espera, reduzindo substancialmente a população que está à espera das primeiras doses mas também a população que já está marcada para a segunda dose, recebendo a inoculação total.

O agendamento para os jovens de 16 e 17 anos está a ser realizado para o fim de semana de 14 e 15 de agosto – na próxima semana – e a equipa prevê vacinar 223 mil jovens em dois dias, aumentando a população vacinada com uma dose. A task force garante que os centros de vacinação de todo o país têm capacidade de resposta para vacinar todos os jovens num fim de semana, contando que estes realizem a sua marcação da vacina.

A vacinação destas duas idades acontece ainda num período que antecede o início de um novo ano letivo. O objetivo será também que estes jovens regressem às aulas já vacinados.

Senhas para a Casa Aberta

A modalidade Casa Aberta continua aberta para utentes com idade igual ou superior a 30 anos para a vacinação de primeiras doses. De forma a agilizar o sistema, existe agora uma senha digital, na qual é aconselhada a sua tiragem. Os utentes podem assim tirar uma senha digital no dia em que pretendem ser vacinados, com o sistema a gerar a hora e local de vacinação.

Ainda assim, as autoridades de saúde aconselham a uma consulta prévia da afluência dos centros de vacinação, para garantir que os utentes que se deslocam ao centro não esperam muito tempo para serem vacinados. Até ao dia de ontem, a Casa Aberta funcionava por ordem de chegada ao centro de vacinação.

A vacinação por esta modalidade também já não está condicionada pela utilização da vacina da Janssen (Johnson & Johnson). De relembrar que os homens podem receber esta vacina a partir dos 18 anos, enquanto para as mulheres está a ser recomendada a sua toma a partir dos 50 anos de idade.

Recomendadas

Reino Unido elimina lista ‘amber’ onde estava inserido Portugal e já não vai pedir testes negativos aos vacinados

O anúncio surge na sequência de uma revisão das regras em vigor em território britânico e após o secretário dos Transportes, Grant Shapps, ter dito que oito países seriam retirados da lista vermelha. Assim, Portugal passa a estar na lista ‘verde’.

Portugal com mais sete óbitos e 939 novos casos de Covid-19

O número de recuperados da doença subiu para 1.000.517, depois de mais 1.606 utentes terem alta. Já os contactos em vigilância caíram para 30.992 , menos 712 do que na sexta-feira, à semelhança dos casos ativos de Covid-19, que caíram para 33.952 (menos 674).

Covid-19: Vacinas de 2.ª geração procuram prevenir infeção e travar transmissão

O secretário da Associação Espanhola de Vacinação, José António Forcada, disse à agência de notícias Efe que as vacinas disponíveis reduzem o risco de doença grave, mas não previnem a infeção, que é o que se procura nas vacinas de segunda geração.
Comentários