Banco Best no Porto a promover a literacia financeira

As três Best Trading Talks vão decorrer no Porto, em Aveiro e Lisboa, e arrancam hoje, dia 5 de dezembro, às 17h30, no HF Ipanema Porto.

O Banco Best vai dar início a um ciclo de três seminários com o objetivo de promover a literacia financeira dos investidores, anuncia o banco online do Grupo Novo Banco.

As três Best Trading Talks vão decorrer no Porto, em Aveiro e Lisboa, e arrancam hoje, dia 5 de dezembro, às 17h30, no HF Ipanema Porto.

“Com o mote “Maior Conhecimento, Melhor Investimento”, os seminários Best Trading Talks pretendem ser uma fonte de informação global sobre o mercado de capitais, orientados para promover junto dos investidores mais e melhores competências para que possam fundamentar as suas decisões de investimento”, lê-se na nota.

“Quem quer investir, de forma profissional e especializada, informada e esclarecida, passa a ter acesso a técnicas e ferramentas que permitem diversificar carteiras num contexto de volatilidade, estar por dentro dos critérios de obrigações e suas metodologias de negociação, conhecer a nova ferramenta “Sinais de Transação”, entre outras dimensões relevantes”, diz ainda o banco.

Recomendadas

Crédito Agrícola elege nova administração a 25 de maio

A Caixa Central de Crédito Agrícola é responsável pela coordenação e supervisão das 80 Caixas de Crédito Agrícola Mútuo e é liderada por Licínio Pina desde 2013, há dois mandatos. O gestor trabalha no banco há mais de 30 anos.

Blockchain: Santander faz acordo de 620 milhões de euros para usar tecnologia da IBM

Acordo prevê a incorporação de tecnologias da IBM em áreas como a blockchain, big data e inteligência artificial. CIO do Santander, David Chats, diz que aposta está em linha com a “estratégia de progresso constante”.

CGD: BdP avalia idoneidade de sete ex-gestores, incluindo o ex-governador António de Sousa

Entre os gestores que desempenharam funções na CGD entre 2000 e 2015 a ser avaliados pelo BdP estão ainda Vítor Fernandes e Jorge Cardoso (Novo Banco), João Nuno Palma (BCP), António Vila-Cova (Finantia), Maria João Carioca (CGD) e José Fernando Maia de Araújo (EuroBic).
Comentários