Banco de Portugal: Dívida emitida por empresas em 2018 ascendeu a 34,1 mil milhões

O saldo de títulos de dívida emitidos por Sociedades não Financeiras no fim de dezembro de 2018 ascendeu a 34.118 milhões de euros, aumentando 725 milhões de euros face ao mês anterior e registando uma variação homóloga de 0,6%.

Em 2018, o saldo de títulos de dívida emitidos por Sociedades não Financeiras ascendeu a 34.118 milhões de euros, aumentando 725 milhões de euros face ao mês anterior e registando uma variação homóloga de 0,6%, segundo a nota estatística de Emissões de Títulos de Dívida em 2018 do Banco de Portugal.

As emissões líquidas de títulos de dívida por Sociedades não Financeiras atingiram, só no mês de dezembro, o valor de 725 milhões de euros (-251 milhões de euros registados no mês anterior), diz a nota.

Em dezembro de 2018, as emissões líquidas de títulos de dívida por residentes ascenderam a 1.170 milhões de euros, o que compara com um valor de -1.156 milhões de euros registado no mês anterior.

No final de dezembro de 2018, o saldo total de títulos de dívida emitidos por residentes ascendeu a 283.385 milhões de euros, aumentando 1.577 milhões de euros face ao mês anterior e registando uma variação homóloga de 1,7%.

 

Recomendadas

Calçado vegan? Sim, também já há

Uma empresa da Póvoa de Lanhoso considera que nem mesmo uma indústria tradicional como o calçado precisa de recorrer a produtos que, do ponte de vista da sustentabilidade, não fazem sentido.

Crédito Agrícola elege nova administração a 25 de maio

A Caixa Central de Crédito Agrícola é responsável pela coordenação e supervisão das 80 Caixas de Crédito Agrícola Mútuo e é liderada por Licínio Pina desde 2013, há dois mandatos. O gestor trabalha no banco há mais de 30 anos.

Empresas começam projetos de inovação mas não conseguem acabar mais de metade

O excesso de projetos, a falta de liderança e a ausência de processos estão a bloquear o desenvolvimento das organizações mundiais, segundo o estudo “Having a successful innovation agenda”, elaborado pela multinacional Oracle.
Comentários