Bankinter incorporado no Dow Jones Sustainability Index

As ações do banco espanhol passarão a ser transacionáveis no índice Dow Jones Sustainability Index, o índice mais representativo em matérias de sustentabilidade. Para o banco, a incorporação neste índice representa um prémio pelo trabalho desenvolvido em todos os projetos sustentáveis da instituição bancária.

O Bankinter entrou no índice bolsista Dow Jones Sustainability Index (DJSI), o mais representativo em matéria de sustentabilidade. O Bankinter deixa assim a versão europeia do índice para passar a integrar a versão mundial e passa a ser reconhecido internacionalmente como um dos bancos mais sustentáveis do mundo.

Para Pedro Guerrero, presidente do Bankinter e presidente do Comité de Sustentabilidade do banco, a entrada da instituição bancária no DJSI “é um grande orgulho” e “significa entrar na liga das entidades internacionais com maior responsabilidade empresarial”, lê-se no comunicado do banco.Além disso, o marco “representa um prémio ao trabalho e ao esforço de todos os que forma parte do Bankinter que crêem firmemente no desenvolvimento da atividade do banco com critérios de sustentabilidade e de responsabilidade empresarial”.

De acordo com uma análise daquele índice bolsista, que analisou 201 entidades, o Bankinter encontra-se dentro da lista dos 27 bancos mais sustentáveis do mundo, com uma pontuação de 82 em 100. Entre os aspetos mais valorizados pela administração do banco, a gestão do Bankinter destaca, entre outros, a segurança da informação e a cibersegurança, o desenvolvimento do capital humano, a atração e retenção de talento e a estabilidade financeira e a estratégia fiscal.

Em 2016, o conselho da administração do Bankinter aprovou o último plano de sustentabilidade em janeiro de 2016 , que constitui un programa plurianual da gestão da sustentabilidade. A concluir-se em 2020, o plano de sustentabilidade abarca as dimensões económica, social e ambiental e integra-se dentro do modelo estratégica da instituição bancária.

 

 

Ler mais
Relacionadas

Novas notas de 100 e 200 euros começam a circular em maio

Como o BCE decidiu deixar de fazer notas de 500 euros a partir de finais deste ano e já não as inclui na série Europa, as novas notas de 100 e 200 euros são as últimas desta série.

China vai emprestar mais 11 mil milhões de dólares a Angola

Angola vai fechar uma linha de crédito de 11.000 milhões de dólares (10.028 milhões de euros) para projetos de infraestruturas através do Banco Industrial e Comercial da China (ICBC). Entre os vários projectos está um empréstimo superior a mil milhões de euros para pagar até 85% do valor do contrato para a conceção, construção e acabamento do novo aeroporto internacional da capital de Angola.

Lehman Brothers: Há dez anos, quebrou-se o mito do ‘too big to fail’

Setembro de 2018 marca o décimo aniversário da maior falência da história. O colapso do banco foi como uma pedrada no charco do sistema financeiro.

Mundo está 12% mais endividado do que quando o Lehman Brothers caiu, realça ex-presidente do BCE

Segundo o FMI, em 2016 atingiu-se um novo máximo histórico da dívida mundial, de 164 biliões de dólares, equivalente a 225% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e desde 2007 só a China é responsável por 43% do acréscimo.
Recomendadas

CDS quer actualização do Plano de Contingência para controlo da Xylella fastidiosa

Os deputados do CDS-PP Patrícia Fonseca, Ilda Araújo Novo e Hélder Amaral querem saber se está já em curso alguma actualização ao Plano de Contingência para controlo da Xylella fastidiosa e seus vectores, elaborado em 2016, e se não, para quando está pensada essa actualização. E enviaram a pergunta ao ao ministro da Agricultura, Florestas […]

Crise dos Combustíveis. CAP aconselha agricultores a “constituírem reservas e tomar medidas de prevenção”

Afinal a crise dos combustíveis não chegou ao fim. Sem conseguir um acordo com a Antram — Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias, o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) anunciou uma greve “cirúrgica” ao trabalho suplementar, feriados e fins-de-semana, entre 7 e 22 de Setembro. Por isso a CAP — […]

SIC e RTP1 foram os canais que mais peças emitiram sobre as eleições europeias

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social concluiu que o canal do grupo Impresa divulgou 189 peças com a presença de candidaturas às eleições para o Parlamento Europeu, que representam menos de 3% do tempo total de noticiários analisados.
Comentários