Benfica oferece 5 euros por ação em OPA parcial sobre a SAD

A oferta incide sobre 28,06% da SAD . A contrapartida da oferta do clube, tendo em conta o número de ações, corresponde a um valor total máximo da oferta de 32,28 milhões de euros e um prémio de 81% sobre o valor da cotação no mercado.

Cristina Bernardo

A Sport Lisboa e Benfica SGPS lançou uma oferta pública e parcial de ações da SAD do clube, com uma contrapartida de 5 euros por ação para adquirir 28,06% que não detém.

“A oferta é parcial e voluntária e tem por objeto 6,455,434 ações nominais e escriturais de categoria B, que são ordinárias, no valor nominal de 5 euros, representativas de 28,0671% da Sociedade Visada”, segundo o comunicado divulgado no site da CMVM.

A contrapartida da oferta, tendo em conta o número de ações, corresponde a um valor total máximo da oferta de 32,28 milhões de euros.

As ações da Benfica SAD fecharam a sessão de segunda-feira a subir 0,73% para os 2,76 euros, significando que a oferta representa um prémio de 81,16% face ao valor cotado.

A percentagem de direitos votos na SAD detida pela Sport Lisboa e Benfica SGPS é atualmente 66,9329%, pelo que no caso da aceitação da totalidade da oferta, apenas 5% do capital ficaria na posse de outros acionistas.

“É intenção do Oferente dar continuidade à atividade empresarial da Sociedade Visada, enquanto sociedade aberta ao investimento do público sob o domínio exclusivo do Sport Lisboa e Benfica e com as ações representativas do seu capital social admitidas à negociação no mercado regulamentado Euronext Lisbon, mantendo a sua equipa de gestão e prosseguindo a estratégia definida”, adianta o comunicado.

O intermediário financeiro da SGPS na operação é o Haitong Bank.

[Atualizada às 23h59]

Ler mais

Recomendadas

Dos 549 milhões para o PIB aos 150 milhões em impostos. Quanto pesa a indústria do futebol em Portugal? Amanhã há “Jogo Económico”

A nova edição do Anuário do Futebol Profissional Português, uma parceria entre a Liga Portugal e a EY, regista o contributo total desta indústria para o PIB português, as receitas geradas pelas 32 SAD e os impostos arrecadados pelo Estado português a partir do futebol. Não perca o debate esta sexta-feira às 19h00.

Arsenal quer despedir 55 trabalhadores mas paga a Mesüt Özil 388 mil euros por semana em salários

O clube londrino comunicou a sua decisão de continuar com um processo de reestruturação que considera necessário. Adeptos e jogadores não ficaram contentes.

AS Roma vai ter novos donos. Negócio próximo de 600 milhões de euros

O acordo anunciado termina definitivamente o envolvimento de Jim Pallotta no clube que, nos últimos meses, já tinha demonstrado o interesse em abandonar o projeto, depois dos planos para a construção de um novo estádio terem ficado paralisados.
Comentários