Benfica promete perseguir todos os que ofenderam o clube

O tetracampeão nacional de futebol prepara novas ações com novos pedidos de indemnização até ao verão. Depois do Porto, seguirão ações contra outros clubes e comentadore.

Depois de ter interposto uma ação contra o Futebol Clube do Porto com um pedido de indemnização de 17,7 milhões de euros, por concorrência desleal e violação de correspondência privada, o Sport Lisboa e Benfica prepara mais acções judiciais com pedidos semelhantes “a todos os que ofenderam o Benfica”.

A garantia foi dada ao Jornal Económico pelo advogado do Benfica, sem adiantar pormenores, mas sinalizando que “novas investidas” vão surgir até ao verão. Em declarações publicadas na edição desta sexta-feira do Jornal Económico – disponível em papel e em formato digital, para assinantes – João Correia diz que “todos aqueles que ofenderam o Benfica serão perseguidos judicialmente”.

O causídico não adianta quais são os alvos do clube da Luz, mas o Jornal Económico sabe que na mira do Benfica estão outros clubes de futebol, comentadores, entre outras entidades, a que a instituição pretende mover acções, com dezenas de visados, até ao verão.

Questionado sobre este tipo de alvos e, particularmente, o Sporting Clube de Portugal (SCP), João Correia diz apenas que “nada está excluído”. E ironiza: “Deus não dorme”, assegurando, no entanto, que que “esta acção [contra o FCPorto] é só o princípio”.

O Benfica tem estado envolvido em processos judiciais, nomeadamente os conhecidos como “Caso dos vouchers”, “Caso dos emails do Benfica” e a “Operação e-toupeira”, que investiga suspeitas dos “crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, violação do segredo de justiça, favorecimento pessoal e falsidade informática”, segundo informou a Procuradoria-geral Distrital de Lisboa. Neste último processo, foram constituídos cinco arguidos, entre os quais o assessor jurídico do Benfica Paulo Gonçalves.

Relacionadas

Benfica promete perseguir todos os que ofenderam o clube

O Benfica prepara novas ações com novos pedidos de indemnização até ao verão. Depois do FCPorto, outros clubes e comentadores são os alvos.
Recomendadas

De Bruno a João. Portugueses dominam maiores valorizações do CIES em novembro

Um em cada três jogadores que mais valorizaram o valor do seu passe futebolístico em novembro é português, de acordo com o CIES – Observatório do Futebol. Saiba quanto valorizaram os cinco jogadores portugueses presentes no Top 15.

Adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio vai custar 1,6 mil milhões de euros

De acordo com o jornal japonês “Yomiuri”, a estimativa inclui o custo de pessoal vinculado ao adiamento e à introdução de novos sistemas de reembolso de bilhetes, mas não estão incluídas medidas contra a disseminação do novo coronavírus.

Mediapro expande modelo de eSports para Portugal

O grupo Mediapro ficará a cargo da produção da eLiga Portugal – competição oficial de Fifa 21, organizada pela Liga Portugal sob a supervisão da Electronic Arts (EA), empresa que produz o videojogo. A eLiga Portugal conta com a participação de 17 das 18 equipas que integram a a primeira divisão portuguesa do futebol (Liga NOS).
Comentários