BIC põe Banco de Portugal em tribunal por causa do BES

O banco liderado por Fernando Teixeira dos Santos espera recuperar alguma parcela.

Depois do Banco Invest, o BIC (EuroBic) impugnou a decisão do Banco de Portugal sobre a retransmissão de dívida sénior que estava no Novo Banco para o Banco Espírito Santo (BES), refere o “Jornal de Negócios” desta sexta-feira.

“O Banco BIC Português SA ‘EuroBic’ faz parte de um grupo de investidores institucionais que não impugnou o ato administrativo do Banco de Portugal de 29 de dezembro de 2015, de retransmitir cinco emissões de obrigações sénior, originalmente emitidas pelo BES e transmitidas para o Novo Banco por via da medida de resolução de agosto de 2014”, explica a instituição bancária numa nota enviada ao diário de economia.

A deliberação custou, pelo menos, 16 milhões de euros ao EuroBic. O banco presidido pelo antigo ministro das Finanças português espera recuperar alguma parcela.

Recomendadas

Acusação a Ricardo Salgado está parada devido a questões processuais

O processo em que o Banco de Portugal investiga o papel de Ricardo Salgado na sociedade criada para financiar o “buraco” no Grupo Espírito Santo está “preso” porque ainda não levantado o sigilo profissional de um advogado. Ordem dos Advogados tem palavra decisiva.

Comissões arrecadadas pelos bancos subiram 40 milhões de euros e superaram 1.500 milhões em 2019

O parlamento debate esta quinta-feira 11 propostas de Bloco de Esquerda, PCP, PS, PAN e PSD sobre comissões bancárias, como limitar as comissões cobradas pelos bancos em meios de pagamento como MB Way, em declarações relacionadas com contratos de créditos e alterações unilaterais de contratos de crédito.
Nikolay Storonsky e Vlad Yatsenko, fundadadores da Revolut

Ronda de financiamento avalia Revolut em mais de cinco mil milhões de euros

A Revolut levantou 462 milhões de euros na ronda de financiamento série D, onde obteve uma avaliação de 5,08 mil milhões, numa altura em que o banco digital prossegue os esforços para passar a conceder crédito em todos os mercados em que opera. No entanto, ainda não tem data definida para o fazer.
Comentários