Bison Bank liderou duas emissões obrigacionistas asiáticas no total de 1.300 milhões de dólares

O Bison Bank, ex-Banif BI, atua como Joint Lead Manager e Joint Bookrunner nas duas emissões obrigacionistas asiáticas.

O ex-Banif Banco de Investimento anunciou em comunicado que realizou duas emissões obrigacionistas asiáticas no total de 1.300 milhões de dólares (1.148,4 milhões de euros).

O Bison Bank atua como Joint Lead Manager e Joint Bookrunner nas duas emissões obrigacionistas asiáticas.

Segundo o comunicado, “a 28 de Fevereiro, o Bison Bank, conjuntamente com Goldman Sachs, UBS, BOCI, Credit Suisse, CLSA e DBS, atuou como Joint Lead Manager e Joint Bookrunner na emissão de obrigações da Vanke Real Estate (Hong Kong) Company Limited, direcionada a investidores profissionais, no montante de 600 milhões de dólares (530 milhões de euros), com maturidade em 2024 (5,25 anos) e um cupão anual de 4,20%”.

Depois, a 13 de Março, “o Bison Bank atuou como Joint Lead Manager e Joint Bookrunner, na emissão obrigacionista de 700 milhões de dólares (618,3 milhões de euro) da Joy Treasure Asset Holdings Inc., subsidiária totalmente detida pela China Orient Asset Management (International) Holding Limited (COAMCI). Foram colocadas duas tranches de 400 milhões e 300 milhões de dólares, com maturidades de 5 e 10 anos e com cupões anuais de 3,875% e 4,5%, respetivamente”. Ambas as tranches são “incondicionalmente e irrevogavelmente” garantidas pela COAMCI. A colocação da emissão contou com um sindicato de Bancos onde fizerem parte, entre outras instituições, Bank of America Merrill Lynch, Goldman Sachs, HSBC e JP Morgan.

Desta forma, e em duas semanas consecutivas, o Bison Bank que tem como presidente a “Chairwoman”, Lijun (Lily) Yang e que integra na administração Pedro Ortigão Correia, realizou duas emissões obrigacionistas de empresas chinesas de referência no mercado financeiro europeu.

“As emissões não só aumentaram a reputação do banco no mercado de títulos de dívida como também expandiram a base de clientes europeus com interesse por ativos chineses. As operações criam assim uma base fundamentada e estruturada para futuras emissões primárias obrigacionistas”, referiu, Pedro Ortigão Correia, Administrador do Bison Bank com o pelouro de Banca de Investimento e Mercado de Capitais.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Teixeira dos Santos: “Não tenho razões para me arrepender” da escolha de Carlos Santos Ferreira e Armando Vara

O Estado “nunca interferiu em qualquer operação” da Caixa Geral de Depósitos, garantiu ainda o ex-ministro das Finanças, na última comissão parlamentar de inquérito aos atos de gestão e recapitalização do banco público, que se realizou esta quarta-feira.

“Sem fundo de garantia de depósitos comum, união bancária é insuficiente”, afirma economista-chefe do FMI

Gita Ginopath, economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, disse que o “próximo passo” para o reforço da união bancária passa pela construção do fundo de garantia de depósitos comum, elemento fundamental para o futuro da União Económica e Monetária. E, para a união dos mercados de capitais, defendeu a construção de “instituição central para instituições não financeiras”.

BCP vai integrar o seu banco de crédito hipotecário

A operação de integração do BII no BCP é para ser feita até ao fim do ano.
Comentários