BNI Europa lidera nos depósitos mais remunerados

O BNI Europa, liderado por Pedro Pinto Coelho, lidera na comparação dos depósitos mais remunerados, e é também o banco que tem uma oferta bancária que permite dispor de uma conta bancária sem custos de manutenção. O site Finanças Pessoais compara os melhores depósitos a prazo. Veja aqui qual o que mais lhe serve.

O site Finanças Pessoais fez uma análise comparativa dos depósitos a prazo nos vários bancos. A última análise data de 30 de outubro e inclui uma comparação ao nível da TANB; ao nível do montante mínimo exigido; do prazo e da maturidade.

A TANB é uma taxa nominal porque pode não ter em conta o período efetivo da aplicação e é uma taxa bruta, uma vez que ainda não foi feita a retenção do IRS. Esta retenção é feita, automaticamente, pelo banco.

Como se calcula a TANB?  Para se saber o valor dos juros auferidos por um depósito mensal é necessário multiplicar o montante depositado pela taxa de juro anunciada, ou seja, a Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) e dividi-la por 12.

Os depósitos a prazo são actualizados periodicamente no site e contemplam vários bancos como o ActivoBank, Banco BAI, Banco CTT, Banco Invest, Banco Popular, Banco Português de Gestão, Banco Privado Atlântico, Bankinter, BBVA, BEST, BIG, BNI Europa, Crédito Agrícola, EuroBIC, Finantia, GoBulling, BCP, Montepio, Novo Banco e Santander, entre outros.

Na análise comparativa quem ganha é o BNI Europa, que dá a taxa de juro mais alta (1,5% de TANB) nos depósitos, (criámos uma tabela com os mais remunerados de cada banco, tendo por base a análise do site Finanças Pessoais).

O site Finanças Pessoais recorda ainda que nos últimos tempos a generalidade dos bancos tem vindo a agravar as comissões associadas às contas, o que se traduz em mais encargos para os clientes. “Mesmo as contas de serviços mínimos bancários, que asseguram serviços bancários considerados essenciais têm um custo associado. Por si só pode não parecer muito, mas é mais uma despesa que se junta a tantas outras”, diz o site.

Têm surgido diversas ofertas bancárias que permitem dispor de uma conta bancária sem custos de manutenção, mas mantendo o mesmo serviço, diz o site referindo-se à oferta do BNI Europa, que dispõe de uma conta à ordem sem comissões de manutenção nem custos associados a transferências interbancárias através do homebanking.

Também a conta à ordem do BNI Europa é destacada como vantajosa, pois paga um juro de 1% (TANB) para saldos entre €1.000 e €5.000 (escalões progressivos). Os juros são calculados diariamente e pagos no final do mês. “Se tiver presente as taxas habituais para a remuneração de um depósito a prazo perceberá que esta oferta é disruptiva no sector e mais um factor distintivo desta conta bancária”, diz o Finanças Pessoais.

Melhores depósitos a prazo:

BancoDepósitoTANBMínimoPrazoMaturidade
BNI EuropaBNI Europa com mob. antecipada1,51% €1.00060 meses No vencimento
Banco BAIEspecial 1,40%€2.50024 mesesNo vencimento
FinantiaDP Finantia Rendimento 36 Meses1,30%€50.00036 mesesSemestralmente
BIGSuper Depósito1,25%€5006 mesesNo vencimento
Banco Privado AtlânticoValor Crescente1,25%€50024 mesesSemestralmente
Banco Português de GestãoSuper Depósito G Plus1,25%€100.00018 mesesNo vencimento
Banco InvestInvest Depósito 5 Anos1,20%€2.00060 mesesNo vencimento
BESTDepósito a Prazo Poupança0,85%€5.0004 mesesNo vencimento
GoBullingSoma e Segue0,75%€03,1 mesesNo vencimento
BankinterNet Boas Vindas0,75%€1.0006 mesesNo vencimento
EuroBicPerformance0,65%€2.50036,5 mesesNo vencimento
MontepioSuper Poupança0,60%€5.00036 mesesSemestralmente
Banco PopularDP Aniversário0,50%€1.0004 mesesNo início
Novo BancoPoupança programada0,40%€1061 mesesNo vencimento
ActivoBankPoupança Objectivo0,35%€06,1 meses a 6 mesesNo vencimento
Crédito AgrícolaNet Super0,20%€5003,1 mesesNo vencimento
Banco CTTDP Banco CTT0,20%€1001 mês a 12,2 mesesNo vencimento
BCPNet Millennium Flexível0,15%€00,5 meses a 3,1 mesesNo vencimento
BBVADP@BBVA0,10%€25012,2 mesesNo vencimento
SantanderNetb@nco0,05%€2506 mesesNo vencimento

 

Recomendadas

Banco Angolano de Investimentos aliena participações sociais na Griner e Novinvest por 13 milhões

Estas operações inserem-se na estratégia de separação de atividade financeiras e não financeiras do grupo BAI, permitindo, simultaneamente, a criação e desenvolvimento de grupos não financeiros angolanos que contribuam para o crescimento do país.

Commerzbank agrava prejuízos para 394 milhões de euros no primeiro semestre

O Commerzbank, segundo maior banco comercial privado da Alemanha, informou que as receitas totais melhoraram no primeiro semestre para 4.353 milhões de euros (+5,5%).

Novo Banco, BCP, Caixa Geral de Depósitos e Santander recusaram apoio à Dielmar (com áudio)

A administração da Dielmar fez saber a 2 de agosto que pediu a insolvência da empresa de vestuário, ao fim de 56 anos de atividade. A decisão foi justificada com os efeitos da pandemia. Mas antes a empresa procurou ajuda junto da banca nacional, que recusou ajudar por falta de garantias.
Comentários