Bolsa de Lisboa terminou em baixa com Jerónimo Martins a liderar perdas

O principal índice da bolsa, o PSI20, fechou a cair 0,17% para 5.231,29 pontos, com oito ‘papéis’ a descerem, oito a subirem e dois inalterados (Ramada Investimentos e Corticeira Amorim).

A bolsa de Lisboa terminou hoje em baixa, com a Jerónimo Martins a liderar as perdas, a cair 1% para 14,85 euros.

O principal índice da bolsa, o PSI20, fechou a cair 0,17% para 5.231,29 pontos, com oito ‘papéis’ a descerem, oito a subirem e dois inalterados (Ramada Investimentos e Corticeira Amorim).

As ações da Sonae Capital e dos CTT foram outras das que mais desceram, designadamente 0,90% para 0,77 euros e 0,57% para 3,15 euros.

Em sentido contrário, as cotações das ações da Sonae SGPS, Pharol e Semapa foram as que mais subiram, respetivamente 0,99% para 0,92 euros, 0,60% para 0,10 euros e 0,44% para 13,62 euros.

Na Europa, as principais bolsas europeias fecharam hoje mistas e estiveram praticamente ‘paradas’ nesta sessão mais curta do que o habitual, já que só funcionaram até às 13:00 e só voltarão a abrir na sexta-feira, devido à época natalícia.

As bolsas de Frankfurt e Milão estiveram hoje fechadas.

Os mercados só funcionam dois dias completos esta semana, segunda-feira e sexta-feira, já que hoje trabalham só meia sessão e quarta-feira e quinta-feira estão fechados, fazendo com que o volume negociado seja menor que o habitual.

Os investidores estão à espera de mais notícias sobre a primeira fase do acordo comercial entre a China e os Estados Unidos.

Ler mais

Recomendadas

Trump anuncia que pico da Covid-19 está próxima e Wall Street anima no fecho da sessão

No fecho da sessão, o S&P 500 sobe 3,28%, para 2,746.63 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 2,58%, para 2,746.63 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 3,39%, para 23,422.66 pontos.

PSI-20 com ligeira subida depois de impasse do Eurogrupo em encontrar resposta para a Covid-19

O PSI-20 manteve-se praticamente inalterado, com uma ligeira subida de 0,05%, em contra-ciclo com a tendência de queda registada entre as principais bolsas europeias. Mota Engil, CTT, Semapa e BCP lideraram os ganhos em Portugal.

Portugal regressa ao mercado na próxima semana para angariar até 1.250 milhões de euros

Tesouro avança com leilão duplo de Bilhetes do Tesouro na próxima quarta-feira, com um montante indicativo entre mil milhões e 1.250 milhões de euros.
Comentários