Bolsa portuguesa acompanha Europa em alta

Entre as principais praças europeias, o alemão DAX avança 0,65%, o britânico FTSE 100 soma 0,45%, o francês CAC 40 sobe 0,43% e o espanhol IBEX 35 ganha 0,30%.

A bolsa portuguesa negoceia esta quarta-feira em terreno positivo. O principal índice bolsista português (PSI 20) cresce 0,18%, para 5.133,45 pontos, em linha com as principais congéneres europeias.

Entre as principais praças europeias, o alemão DAX avança 0,65%, o britânico FTSE 100 soma 0,45%, o francês CAC 40 sobe 0,43% e o espanhol IBEX 35 ganha 0,30%.

Entre as empresas cotadas do PSI 20, evidencia-se os títulos da Galp Energia, que somam 0,38% para 8,492 euros, contrariando a tendência do mercado petrolífero – o Brent cai 0,18%, para 72,30 dólares, e o WTI recua 0,40%, para 70,28 dólares.

A Sonae é também uma das cotadas mais ativas no arranque da sessão, valorizando 0,55%, para 0,829 euros. Ainda no retalho, a Jerónimo Martins negoceia sem variação.

Ainda no PSI 20, destacam-se os ganhos da Corticeira Amorim (1,08%) e da Semapa (0,88%). A Corticeira Amorim revelou na terça-feira ter alcançado lucros de 34,4 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, mais 5,2 milhões do que no período homólogo.

No mercado cambial, o euro aprecia 0,12% face ao dólar, para 1,1875 dólares. Na relação com a libra, a moeda única da zona euro deprecia 0,06%, para 0,8516 libras. A libra aprecia 0,19% face ao dólar, para 1,3942 dólares.

Recomendadas

Fed mantém taxas de juro inalteradas, mas perspetiva início da diminuição da compra de ativos para um futuro próximo

A autoridade monetária norte-americana reconhece que, dados os sinais de recuperação que a maior economia do mundo tem vindo a dar, a probabilidade de iniciar a diminuição do programa de compra de ativos em curso nos próximos meses é elevada.

BCP e Galp animam bolsa de Lisboa. Mercados sobem com notícias da Evergrande

A Galp foi mesmo a segunda cotada que mais subiu no universo Stoxx 600 e liderou os ganhos no sector energético. A trazer algum otimismo ao mercado europeu que fechou no verde, está a comunicação da Evergrande de que resolveu por via de negociações fora da câmara de compensação o pagamento de juros de obrigações que vencem amanhã.

Wall Street arranca em alta à espera da Fed

Os três principais índices bolsistas norte-americanos começam a sessão desta quarta-feira no ‘verde’.
Comentários