Bolsa portuguesa acompanha Europa em terreno negativo. Galp penaliza PSI 20

O PSI 20 iniciou a sessão bolsista a perder 0,43% para 5.093,46 pontos, acompanhando as principais congéneres europeias.

O principal índice bolsista português (PSI 20) iniciou a última sessão da semana a negociar em terreno negativo. O PSI 20 perde 0,43% para 5.093,46 pontos, acompanhando as principais congéneres europeias.

Entre os principais indices europeus, o alemão DAX perde 0,34%, o britânico FTSE recua 0,50%, o francês CAC cai 0,65% e o espanhol IBEX desvaloriza 0,42%.

A negociação no PSI 20 é pressionada pela Galp Energia. A petrolífera cai 1,02% para os 9,29 euros, em linha com a negociação do mercado petrolífero, numa altura em que o dólar, moeda que domina a negociação do “ouro negro”, atravessa uma fase de recuperação.

No mercado petrolífero barril do Brent, que é negociado em Londres e é referência para Portugal, cai 1,28%, para 55,70 dólares. Já o WTI, que é negociado em Nova Iorque, perde 0,93%, para 53,07 dólares.

No mercado cambial, o euro deprecia 0,29% face ao dólar, para 1,21 dólares. A libra desliza 0,30% na relação com a moeda norte-americana, para 1,36 dólares. Já a divisa da zona euro aprecia 0,02% face à libra, para 0,88 libras.

O PSI 20 é também penalizado também pelas quebras do BCP e da EDP. O banco liderado por Miguel Maya recua 0,37%, para 0,133 euros, e a energética liderada por Miguel Stilwell perde 0,59%, para 5,362 euros.

Ainda no setor energético, a EDP Renováveis negoceia em terreno negativo, caindo 0,43%, para 23,40 euros.

A Jerónimo Martins (0,55%) e a Mota-Engil (0,96%) também puxam o PSI 20 para o vermelho.

[Notícia atualizada pela última vez às 8h30]

Ler mais

Recomendadas

Atividade industrial catalisa dia de ganhos na Europa. PSI-20 acompanha em alta

O principal índice bolsista português fechou a sessão desta segunda-feira a subir 1,85% para 4,789.11 pontos, à semelhança das congéneres europeias, perante a estabilidade nas ‘yields’ da dívida soberana nos EUA, cuja subida pressionou o sentimento na semana passada.

Volatilidade nas criptomoedas. Bitcoin sobe 9% depois de ficar abaixo dos 43 mil dólares

A moeda digital atingiu o seu recorde máximo no passado dia 21 de fevereiro, tendo-se fixado em 58.350 dólares.

Wall Street abre em alta com regresso à calma nos juros soberanos

Wall Street abre assim com ganhos à medida que o mercado de títulos acalma. Nos últimos dias os juros da dívida pública disparam com medo da inflação, devido a alguns indicadores.
Comentários