Bruxelas junta 17 universidades europeias em projeto pioneiro

A Universidade de Aveiro integra este projeto da Comissão Europeia que vai abordar desafios da sociedade contemporânea.

É a primeira universidade europeia em que alunos e investigadores cooperam com municípios e empresas para atacar os grandes desafios do século XXI. O inovador projeto, apresentado em Barcelona, Espanha, junta 17 universidades europeias selecionadas pela Comissão Europeia, entre as quais figura a Universidade de Aveiro.

O Consórcio Europeu de Universidades Inovadoras, ou Universidade ECIU, vai ser financiado em cinco milhões de euros pela Comissão Europeia, que com ele visa estabelecer um novo conceito de universidade internacional no espaço europeu.

A Universidade estará aberta a estudantes, investigadores, indústria e sociedade europeia em geral e vai oferecer uma formação interdisciplinar, flexível e à medida das necessidades de quem a procura. Vai, portanto, muito além dos tradicionais programas de mobilidade Erasmus e relações internacionais existentes, salienta a Universidade de Aveiro.

Na Universidade ECIU vai ser possível frequentar unidades curriculares de “forma muito flexível, como e quando necessário, bem como adquirir e aplicar conhecimento através da investigação de ponta produzida pelos diferentes parceiros”. Estudantes, investigadores e funcionários de universidades, empresas e organizações públicas parceiras poderão, assim,  recorrer aos “saberes multidisciplinares” “para encontrar soluções para problemas reais”.

“Será desenvolvido um sistema de micro-credenciais e um passaporte de competências que comprovará o percurso feito pelo estudante através do conhecimento. O estudante que até aqui estava limitado ao tradicional diploma pode agora dispor de toda a flexibilidade do passaporte de competências. Este será um dos aspetos inovadores da Universidade Europeia ECIU”, explicou o vice-reitor da UAveiro, Artur Silva, na fase de candidatura do projeto.

 

Ler mais
Recomendadas

Universidade do Minho compra biblioteca de Manuel António Braga da Cruz

O contrato para a aquisição do espólio bibliográfico pertencente a Afonso Manuel Braga da Cruz é assinado esta sexta-feira, 6 de dezembro, em Braga.

Educar para a importância do solo na vida humana

A Universidade do Minho assinala esta quinta-feira, 5 de dezembro, o Dia Mundial do Solo, com uma exposição aberta ao público sobre a vida que existe debaixo dos nossos pés.

Católica fecha venda do edifício da Asprela ao Politécnico do Porto

O negócio está avaliado em 11 milhões de euros. A Católica construiu um novo edifício para a Escola Superior de Biotecnologia no campus da Foz.
Comentários