Campo Pequeno já está vendido a Álvaro Covões, António Pires de Lima e Sérgio Monteiro

A assinatura do contrato realizou-se ontem, quinta-feira, segundo confirmou fonte próxima do processo ao Jornal Económico. O negócio acontece depois da insolvência da Sociedade de Renovação do Campo Pequeno decretada em 2014.

A assinatura do contrato venda do Campo Pequeno por 37 milhões de euros, ao empresário Álvaro Covões e ao fundo Horizon Equity Partners, de António Pires de Lima e Sérgio Monteiro, realizou-se ontem, quinta-feira, segundo confirmou fonte próxima do processo ao Jornal Económico

Álvaro Covões, que participa através de uma sociedade sua que não é a Everything is New, vai ficar a gerir a arena do Campo Pequeno (incluindo a realização de espectáculos) e o centro comercial. Já o fundo de António Pires de Lima e de Sérgio Monteiro, antigo secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações de Pedro Passos Coelho, vai gerir o parque de estacionamento.

Não há ainda informação sobre se a Praça mantém a realização das tradicionais Corridas de Toiros.

O Jornal Eco avançou na semana passada com a notícia de que o empresário Álvaro Covões e o fundo Horizon,  ganharam o concurso do Campo Pequeno. Na altura ainda não tinha sido assinado o contrato, o que acabou por acontecer nesta quinta-feira.

O negócio acontece depois da insolvência da Sociedade de Renovação do Campo Pequeno decretada em 2014 e posterior designação de uma administradora de insolvência, Paula Mattamouros Resende. Em 2014 as dívidas já ultrapassavam, de resto, os 100 milhões de euros.

Álvaro Covões é promotor de concertos e espetáculos no país. É fundador e diretor geral da Everything is New, que organiza o festival Nos Alive, por exemplo.

Já o fundo Horizon é especializado em gestão de infraestruturas, foi criado por António Pires de Lima e por Sérgio Monteiro e está associado ao consórcio da Morgan Stanley nas torres de telecomunicações que em consórcio compraram à Altice.

Ler mais
Recomendadas

Vendas nacionais de carros elétricos em 2020. Tesla e Nissan com quebras acima de 28%. Renault sobe 28%

Tesla e Renault lideraram as vendas do mercado nacional em 2020. Mas enquanto a marca francesa disparou nas vendas, a norte-americana recuou. O mercado de carros elétricos cresceu em 2020, enquanto o mercado nacional global caiu 34%.

Empresas vão de emitir credencial para trabalhadores se deslocarem

O primeiro-ministro anunciou hoje novas medidas para endurecer o atual confinamento geral. Ao mesmo tempo, as grandes empresas têm 48 horas para comunicar quem são os trabalhadores dispensados de teletrabalho.

Circulação entre concelhos proibida ao fim de semana. Lojas fecham às 20h durante a semana e às 13h ao sábado e domingo

António Costa anunciou hoje as medidas aprovadas pelo Governo para endurecer o atual Estado de Emergência.
Comentários