Cancelamento da conferência de Jaime Nogueira Pinto tem sequela

“Primavera na FCSH, Contra o Fascismo” é o movimento organizado pela faculdade da Avenida de Berna, na sequência de uma manifestação organizada pelo PNR. Vai haver reforço policial na área.

Jaime Nogueira Pinto tinha uma conferência marcada, há duas semanas, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), a qual foi cancelada pela faculdade, pelo receio de violência.

“Primavera na FCSH, Contra o Fascismo” é o nome do movimento convocado para as 16h00 de hoje uma “contra-manifestação”.

O grupo considerado de esquerda, responde à polémica do adiamento da conferência de Jaime Nogueira Pinto: “Não seremos intimidados por grupos radicais de extrema-direita que aproveitam o momento para denegrir a faculdade e os seus diferentes órgãos legítimos de representação e de direção”, segundo o Expresso.

“A esplanada da FCSH vai ser palco de uma demonstração contra a extrema-direita. Teremos debates, poemas e canções – ainda as melhores armas contra a violência. Convidam-se todos e todas, de estudantes a professores, de funcionários a cidadãos e cidadãs anónimas, a estarem presentes e a contribuírem com um grito, uma canção ou só um pé firme na calçada”, escrevem no grupo de Facebook.

O movimento da Faculdade é uma resposta à manifestação organizado pelo Partido Nacional Renovador (PNR), em frente à FCSH, na Avenida de Berna, em Lisboa. O PNR recusa a conclusão de que esta manifestação e de apoio ao politólogo.

A polícia vai reforçar a segurança na área, escreve o Expresso. “Estimam-se entre 40 a 60 pessoas entre as 18h00 e 19h30”, adianta uma fonte policial ao jornal.

A conferência de Jaime Nogueira Pinto tinha como tema “Populismo ou Democracia?”.

 

 

 

“Primavera na FCSH, Contra o Fascismo”

 

Ler mais
Recomendadas

Alívio do IRS é única promessa feita por todos

Todos os partidos defendem menos IRS para rendimentos médios e baixos. Noutros impostos há reduções para todos os gostos e más notícias paraos mais ricos. Mas esquerda e direita chegam a ter propostas semelhantes.

PremiumFisco avança com execuções a 500 advogados com dívidas à Ordem

Advogados que tenham quotas em atraso e não pagarem voluntariamente podem ser alvo de ações executivas. Já foram formalizadas 500 execuções fiscais junto da AT nas duas mil interpelações feitas pela Ordem.

Investimento chinês captado por vistos gold cai 16% até agosto e o de origem brasileira sobe 41%

O investimento por via de Autorizações de Residência para Atividade de Investimento subiu 80,6% em agosto, face a igual período de 2018, para 82,5 milhões de euros.
Comentários