Capgemini coordena implementação de programa de proteção de dados da Comissão Europeia

Os principais intervenientes europeus nos domínios da energia, dos serviços públicos e da ciência provenientes da Finlândia, da França, da Alemanha, da Grécia, da Itália, do Luxemburgo, da Noruega, da Roménia e da Eslovénia participam neste programa, que decorrerá até ao verão de 2022.

A Comissão Europeia, no âmbito do programa European Horizon 2020, confiou à Capgemini a coordenação do Projecto Phoenix. Trata-se dum programa, criado e financiado por Bruxelas, tendo em vista proteger os sistemas e as redes de energia elétrica na Europa (EPES).

Os principais intervenientes europeus nos domínios da energia, dos serviços públicos e da ciência provenientes da Finlândia, da França, da Alemanha, da Grécia, da Itália, do Luxemburgo, da Noruega, da Roménia e da Eslovénia participam neste programa, que decorrerá até ao verão de 2022.

A Capgemini irá apoiar a Comissão Europeia através da implementação de um programa de proteção dos dados, incluindo a monitorização contínua de ataques. Adicionalmente, e ainda no âmbito deste projecto, a Capgemini participou no desenvolvimento de cenários de possíveis incidentes que poderão vir a comprometer dados críticos, tendo em especial atenção a natureza específica do funcionamento das infraestruturas de energia.

Esta abordagem foi concebida para garantir que a segurança das infraestruturas estará no cerne de cada uma das várias fases do projeto.

“A cibersegurança tornou-se num aspecto crítico para todos os programas de transformação digital dos sistemas de informação, bem como num factor essencial no que diz respeito aos activos e às infraestruturas industriais. Liderar a coordenação dum programa tão importante para a Comissão Europeia é uma responsabilidade que a Capgemini leva muito a sério, e uma oportunidade para demonstrarmos o nosso papel enquanto pioneiros no universo da cibersegurança”, referiu Farhan Sahito, coordenador do Projecto Phoenix na Capgemini.

PCGuia
Ler mais
Recomendadas

IMT proíbe circulação de veículos ferroviários sem controlo de velocidade (Convel)

No início desta semana, administração da IP revelou que tem uma solução credível, proposta pela Critical Software. Órgão regulador do setor dos transportes “requereu uma avaliação urgente da viabilidade da solução e, caso viável, a consequente implementação igualmente urgente”.

NBA lança-se no mundo das apostas com o serviço NBABet Stream

Com a legalização das apostas desportivas nos EUA em 2018, a NBA torna-se a primeira grande liga desportiva dos EUA a atacar o mercado.

Siza Vieira sobre a possibilidade de adeptos nos estádios: “É mais importante que os jogos se realizem em segurança”

“É mais importante garantirmos a segurança de que as atividades se realizem sem percalços e com limitações do que permitir flexibilidade e depois ter de voltar atrás”, realçou o ministro à margem da conferência sobre o ‘Futebol Profissional e Economia Pós Covid-19’ que decorreu em Oeiras.
Comentários