Carga fiscal bateu novo recorde em 2018

A carga fiscal aumentou 6,5% em termos nominais em 2018, atingindo 71,4 mil milhões de euros, o que corresponde a 35,4% do PIB. Segundo dados do INE, esta é a percentagem mais elevada desde 1995, início da série histórica do organismo. Os cofres do Estado beneficiaram de mais 4,3 mil milhões de euros do que em 2017. No entanto, Portugal tem ainda uma carga fiscal inferior à média da União Europeia, que regista 39,4% do PIB.

Recomendadas

Como é que seria uma geringonça 2.0? Seis cenários para o pós-eleições

Terminados quatro anos de uma legislatura em que o PS minoritário fez acordos com os dois partidos da CDU e com o Bloco de Esquerda para assegurar a governação, afastando a direita do poder, novos equilíbrios surgem no horizonte.

Sondagem: Partido Socialista alarga vantagem mas fica abaixo da maioria absoluta

Socialistas chegam a 38,4% nas intenções de voto em setembro, atingindo o valor mais alto de 2019, enquanto o PSD cai para o mais baixo, com 20,6%. Mas muitos não querem Costa ou Rio no poder.

Comunistas podem terminar ciclo de 15 anos abaixo do ponto de partida

Depois da perda de câmaras tão importantes quanto Almada e Barreiro nas autárquicas de 2017 e de ficar sem um mandato nas europeias de 2019, a CDU parte para as legislativas com sinais de que poderá reduzir o grupo parlamentar e ver alargar-se o fosso para o Bloco de Esquerda numa altura em que a sucessão de Jerónimo de Sousa enquanto secretário-geral do PCP começa a estar na ordem do dia.
Comentários