Casafari pretende contratar mais 50 profissionais em Portugal

A plataforma online do mercado imobiliário quer reforçar a sua equipa no território nacional e está a recrutar, pelo menos, 50 profissionais para vários departamentos até ao final deste ano.

A Casafari, plataforma online para o mercado imobiliário que recorre à inteligência artificial pretende reforçar a sua equipa em Portugal, e para isso vai contratar pelo menos 50 profissionais para as áreas de data e software, mas também para os departamentos de vendas e recursos humanos, revelou a empresa em comunicado.

A companhia encontra-se instalada no centro de Lisboa, e conta com mais de 15 nacionalidades nos seus quadros laborais e com estas contratações pretende responder ao processo de forte crescimento e à crescente procura pelos serviços inovadores, da empresa desde que chegou a Portugal.

Esta plataforma agrega mais de oito milhões de referências na Alemanha, Espanha e Portugal de sete mil fontes sobre imóveis dispersos e repetidos por diferentes páginas na internet, conseguindo identificar quando se trata do mesmo imóvel e disponibilizando toda a informação sobre esse imóvel num único local.

Nils Henning, co-fundador da Casafari, juntamente com Mila Sukhareva, refere que a empresa está “num processo de rápido crescimento, com uma forte procura por parte dos nossos clientes e pretendemos reforçar a equipa para acompanhar este momento e preparar o futuro. Queremos atrair, recrutar e trabalhar com os melhores talentos para continuar a desenvolver a nossa plataforma e a inovar junto dos nossos clientes”.

“Comprar casa para nós foi a pior experiência de sempre”

Ler mais
Relacionadas

“Comprar casa para nós foi a pior experiência de sempre”

Em Portugal há cerca de um ano, a empresa gerida pelo casal alemão conta já com mais de mil clientes e 24 mil imóveis únicos registados, olhando para o nosso país como a sua ‘ostra’. Apesar de estar atenta ao mercado imobiliário a nível mundial.
Recomendadas

Crédito habitação: Juros voltam a cair oito meses depois

Este valor representa uma ligeira descida de 1,0 pontos percentuais face ao registado no mês de junho. (1,087%). Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro passou dos 1,305% para os 1,306%.

Prata Riverside Village vai mostrar nova centralidade de Lisboa

O objetivo do Open House Lisboa é “descentralizar, diversificar e ampliar o conhecimento arquitetónico da capital”, durante o próximo fim de semana, 21 e 22 de setembro, e o Prata Riverside Village foca-se nisso, uma vez que se localiza numa das zonas esquecidas da cidade de Lisboa.

CCB espera escolher e fazer contrato ainda este ano para hotel e zona comercial

Em causa está a análise da única proposta candidata ao projeto, apresentada pela construtora Mota-Engil, e a comissão criada para o efeito terá ainda de avaliar se são cumpridos todos os requisitos do caderno de encargos.
Comentários