Casafari pretende contratar mais 50 profissionais em Portugal

A plataforma online do mercado imobiliário quer reforçar a sua equipa no território nacional e está a recrutar, pelo menos, 50 profissionais para vários departamentos até ao final deste ano.

A Casafari, plataforma online para o mercado imobiliário que recorre à inteligência artificial pretende reforçar a sua equipa em Portugal, e para isso vai contratar pelo menos 50 profissionais para as áreas de data e software, mas também para os departamentos de vendas e recursos humanos, revelou a empresa em comunicado.

A companhia encontra-se instalada no centro de Lisboa, e conta com mais de 15 nacionalidades nos seus quadros laborais e com estas contratações pretende responder ao processo de forte crescimento e à crescente procura pelos serviços inovadores, da empresa desde que chegou a Portugal.

Esta plataforma agrega mais de oito milhões de referências na Alemanha, Espanha e Portugal de sete mil fontes sobre imóveis dispersos e repetidos por diferentes páginas na internet, conseguindo identificar quando se trata do mesmo imóvel e disponibilizando toda a informação sobre esse imóvel num único local.

Nils Henning, co-fundador da Casafari, juntamente com Mila Sukhareva, refere que a empresa está “num processo de rápido crescimento, com uma forte procura por parte dos nossos clientes e pretendemos reforçar a equipa para acompanhar este momento e preparar o futuro. Queremos atrair, recrutar e trabalhar com os melhores talentos para continuar a desenvolver a nossa plataforma e a inovar junto dos nossos clientes”.

“Comprar casa para nós foi a pior experiência de sempre”

Ler mais
Relacionadas

“Comprar casa para nós foi a pior experiência de sempre”

Em Portugal há cerca de um ano, a empresa gerida pelo casal alemão conta já com mais de mil clientes e 24 mil imóveis únicos registados, olhando para o nosso país como a sua ‘ostra’. Apesar de estar atenta ao mercado imobiliário a nível mundial.
Recomendadas

Avaliação das casas subiu para os 1.128 euros\m2 em agosto

Este valor representa um aumento de apenas um euro face ao mês anterior e uma desaceleração em termos homólogos, tendo a taxa de variação abrandado de 8,0% em julho para 7,0% em agosto.

Empresa espanhola garante construção de dois edifícios em Oeiras por 71 milhões de euros

A Acciona conquistou dois contratos na região de Lisboa. Tratam-se do Fórum Municipal, encomendado pela Câmara Municipal de Oeiras por cerca de 45 milhões de euros, e o projeto Gestilar Residences Miraflores, encomendado por um cliente privado, o grupo Gestilar, por mais 26 milhões de euros.

Procura excede a oferta e preços subiram 12% face a 2019. Pandemia não afeta imobiliário na Alemanha

O preço do metro quadrado atinge os oito mil euros em Munique, os 5.800 euros em Frankfurt e quase cinco mil euros na cidade de Hamburgo, enquanto a média nacional é de três mil euros.
Comentários