PremiumCDU defende regime fiscal próprio

Entre as medidas que a CDU defende está um regime fiscal próprio para a Região, com a particularidade de criar um imposto para os detentores de patrimónios e carros de luxo.

Entre as medidas que a CDU defende está um regime fiscal próprio para a Região, com a particularidade de criar um imposto para os detentores de patrimónios e carros de luxo. Já no que toca ao IRS, consideram que o essencial tem vindo a ser bem concretizado na Região.

A CDU frisa que o problema da sobretaxa do IRS é uma matéria a resolver com o Estado, dado que considera que estas verbas deveriam ser da Região.

O aumento do investimento público na produção regional, com a substituição crescente da produção importada pela produção da Região. A par disto a CDU prevê também o aumento das exportações, sobretudo de produtos de elevado valor acrescentado e com fraca componente importada, como forma de reduzir o défice externo e inverter a dependência económica.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 6 de setembro.

Recomendadas

Premium“Empresas da Zona Franca estão a reagir bem ao novo regime”

TPMc trabalha com 160 empresas que estão instaladas na Zona Franca. Diretora geral diz que o novo regime, que entra em vigor no próximo ano, está a ser encarado de forma “positiva” pelos clientes internacionais.

PremiumVinhos: vendas da região de Lisboa crescem 20% até ao final de setembro

Desde o início do ano até ao final de setembro já foram vendidas cerca de 43 milhões de garrafas, ou seja, 32,250 milhões de litros. Francisco Toscano Rico, presidente da CVR Lisboa, explica que os mercados absorvem cerca de 77% desta produção.

PremiumComo vamos alimentar 10 mil milhões em 2050?

O JE promoveu no passado dia 16, a conferência “Alimentar o Futuro”, marcando o arranque da 10.ª edição dos ‘Food & Nutrition Awards’. O evento contou ainda com a Sustainable Society Iniciative e o apoio da Vieira de Almeida & Associados (VdA).
Comentários