CEO da Samsung demite-se

“É preciso resolver esta sitação o mais breve possível porque é preocupante não saber quem está realmente a orientar o futuro da Samsung”, disse Ryan Lim, fundador de uma consultora tecnológica.

Ler mais

Kwon Oh-hyun é um dos três principais executivos da Samsung Eletronics, e anunciou a sua demissão citando uma “crise sem precedentes”. Esta é mais uma notícia que vem confirmar a instabilidade na empresa sul coreana, depois de o herdeiro do Grupo ter sido preso por corrupção em agosto deste ano.

O homem de 65 anos disse à BBC que já estava a pensar no seu despedimento “há algum tempo” e que “não conseguiu continuar”. No entanto, vai ficar na Samsung até março de 2018.

“Estamos [funcionários da empresa] a ser confrontados com uma crise sem precedentes de dentro para fora, e acredito que é altura da empresa começar de novo, com uma liderança jovem, que seja capaz de responder melhor aos desafios atuais da indústria de tecnologias, que está em rápida mudança”, esclareceu Oh-hyun.

Ryan Lim, fundador da consultora tecnológica QED, disse que “a Samsung está numa situação de crise de liderança”, e que “a estrutura de gestão atual parece ser uma rede complicada”.

“É preciso resolver esta sitação o mais breve possível porque é preocupante não saber quem está realmente a orientar o futuro da Samsung”.

Em resposta às críticas, um porta-voz da Samsung disse à BBC que um sucessor seria nomeado “em breve”, sem dar um prazo concreto.

Herdeiro da Samsung preso por corrupção

Relacionadas

Herdeiro da Samsung preso por corrupção

Lee Jae-yong foi condenado a cinco anos de prisão por ligações ao escândalo político que causou o impeachment da ex-presidente da Coreia do Sul.

Samsung investe 5,8 mil milhões de euros na China

A Samsung prepara-se para investir 5,8 mil milhões de euros na produção chinesa de memória flash para smartphones e outros modelos, numa altura em que a sua rentabilidade ultrapassou a da Apple.

Huawei ultrapassa a Apple e é oficialmente a 2ª marca mais vendida

Apesar de ter perdido a segunda posição para a Huawei nos meses de junho e julho, a Apple leva a taça de smartphone mais vendido, o iPhone 7.
Recomendadas

Até agosto já nasceram 30.620 empresas. Turismo e TIC lideram as constituições

O crescimento na constituição de novas empresas é registado na quase totalidade dos distritos e setores, mas o grande impulso vem dos setores ligados ao turismo, onde este indicador cresce 19,4%.

Gomes da Silva eleito melhor CEO do ano na relação com os investidores

O prémio foi atribuído ao presidente da Galp na gala anual dos IRG Awards, promovida pela Deloitte há 31 anos e apoiada pela Forbes, e que decorreu na noite de ontem no Convento do Beato, em Lisboa.

Nasce manifesto anti-Tomás Correia para o Montepio

Um conjunto composto por várias dezenas de associados e associadas da Associação Mutualista Montepio decidiu assinar um Manifesto, intitulado ‘Construir a Confiança – Por um Montepio Competente, Solidário e Responsável’.
Comentários