PremiumCGD vende filial em Espanha acima do valor de mercado

A Caixa vendeu o Banco Caixa Geral ao Abanca com um múltiplo acima da média do mercado. O Price-to-Book Value inerente à transação foi de 0,74x acima da média na Ibéria que é de 0,57x.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) formalizou esta semana a venda definitiva de ações representativas de 99,79% do capital social da sua filial em Espanha, o Banco Caixa Geral (BCG), ao grupo bancário espanhol Abanca, por 384 milhões de euros.

O Price Book Value (P/BV) inerente à operação revela que foi uma venda benéfica para a CGD, já que foi feita a múltiplos acima da média do mercado (0,74 vezes o book value – valor contabílistico). A média dos bancos da Península Ibérica é de 0,57 vezes o valor contabilístico.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Novo crédito à habitação em setembro soma 915 milhões de euros, diz Banco de Portugal

Em setembro os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram 915, 462 e 284 milhões de euros, respetivamente, avança ao Banco de Portugal.
Martin Revolut

Revolut: conselheiro de Nik Storonsky nomeado ‘chairman’ não-executivo

Martin Gilbert, era informalmente o conselheiro do CEO da Revolut, Nikolay Storonsky, funções que continuará a desempenhar até ao dia 1 de janeiro. A nomeação de Martin Gilbert para chairman não-executivo surge numa altura em que a Revolut se prepara para se tornar num verdadeiro banco digital.

Aon reforça área de M&A com entrada de Marcos Oliveira e Bruno da Silva

Novos membros da equipa jurídica foram recrutadas na Allianz Portugal e na Willis Towers Watson.
Comentários