Chairman da TAP anuncia reabertura de mais rotas para o Porto e diz que ficou “surpreendido” com providência cautelar

Rota Porto-Nova Iorque foi antecipada de agosto para julho, com as rotas para Milão e Zurique a serem reabertas em agosto. Já a rota para Amesterdão arranca em setembro.

Cristina Bernardo

O presidente do Conselho de Administração (CA) da TAP disse hoje estar “surpreendido” com a providência cautelar da Associação Comercial do Porto (ACP) para tentar travar a injeção do Governo de 1.200 milhões de euros na companhia aérea.

“Fiquei surpreendido com esta iniciativa da Associação Comercial do Porto”, disse hoje Miguel Frasquilho no Parlamento.

O chairman avançou que depois de ser conhecido o polémico plano de retoma das rotas da TAP, que foi criticado por vários atores da região norte por ter muito mais voos para Lisboa, a companhia aérea teve várias reuniões com “parceiros do norte do pais” de vários setores, incluindo com a Associação Comercial do Porto que “esteve nessas reuniões”.

“Se houve mensagem que foi passada nessas reuniões foi que o CA da TAP se iria esforçar numa logica sustentável, iria repor os níveis de atividade pré-Covid”, avançou na comissão parlamentar de economia.

O Supremo Tribunal Administrativo decidiu na terça-feira aceitar “liminarmente” a providência cautelar colocada pela Associação Comercial do Porto e que paralisa temporariamente a injeção de capital por parte do Estado na companhia aérea portuguesa TAP, conformou avançou o jornal Expresso na terça-feira.

Miguel Frasquilho anunciou que a partir de agosto a proporção de destinos servidos a partir do Porto face a Lisboa vai ter uma “proporção semelhante” ao que existia antes da pandemia Covid-19.

Antes disso, anunciou a rota Porto-Nova Iorque que foi antecipada de agosto para julho, com as rotas para Milão e Zurique a serem reabertas em agosto. Já a rota para Amesterdão arranca em setembro.

O presidente do CA da TAP foi ouvido na quarta-feira na comissão parlamentar de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação. Na terça-feira foi ouvido o presidente da Comissão Executiva da TAP, Antonoaldo Neves.

Ler mais
Relacionadas

Presidente do PS: “Ou temos um financiamento rapidamente ou ficamos sem TAP”

Carlos César criticou a Associação Comercial do Porto pela ação judicial contra a injeção de liquidez. “Alguma entidade representativa dos empresários portugueses tomará a responsabilidade de fechar a transportadora aérea nacional?”, questionou.

Comissão Executiva da TAP diz que está a analisar “com muita atenção” contrato para empréstimo estatal de 1.200 milhões

Antonoaldo Neves diz que comissão executiva tem estado a dar resposta rapidamente a todas as questões levantadas pelo grupo de trabalho. Presidente executivo da TAP deixou críticas no Parlamento à Comissão Europeia e alertou que Bruxelas vai ser “extremamente dura” com a companhia aérea.

TAP aumentou em 50% número de passageiros no Porto desde 2015

Depois das críticas feitas pelo autarca do Porto, a companhia aérea disse que tem apostado nos voos para a invicta nos últimos anos. Sem contar com o efeito da ponte aérea, o número de passageiros da TAP no aeroporto Sá Carneiro aumentou em 30%.

Antonoaldo Neves: Negociações para a compra da TAP estavam “muito avançadas”

O gestor apontou que chegou a ser estabelecido um preço e que as negociações duravam há meses. No final de fevereiro foi noticiado que a alemã Lufthansa e a norte-americana United Airlines estavam interessadas em entrar no capital da companhia aérea portuguesa.
Recomendadas

Sindicato dos Maquinistas critica falta de explicações da IP

Apesar das fortes críticas à IP, o SMAQ garante que se vai abster de fazer mais declarações sobre este assunto, preferindo aguardar, “serenamente, e confiante na competência do GPIAFF, pelo relatório final”.
cais do sodré, pink street

PME dizem que novas medidas do Governo “são de bradar aos céus”

“As últimas medidas anunciadas pelo Governo para as Micro, Pequenas e Médias Empresas são de bradar aos céus”, afirma em comunicado a CPPME, acrescentando que “a permissão para os bares noturnos e as discotecas poderem abrir das 08:00 às 20:00, em serviço de pastelaria, só pode ser uma brincadeira de mau gosto”.

Rede da Câmara de Comércio e Indústria retoma prospeção de mercados em setembro

Estão previstas missões empresariais à Sérvia, Marrocos, Polónia, Azerbaijão e Costa do Marfim,
Comentários