‘Champions’: quem ganha na ‘liga’ dos milhões investidos?

O atual plantel do Futebol Clube do Porto, o único clube português ainda em prova, representa um investimento total de quase 150 milhões de euros.

Das oito equipas qualificadas para os quartos-de-final da Liga dos Campeões, apenas uma vai levantar o ansiado troféu de ‘campeão da Europa’ no dia 1 de junho após a final que se jogará no estádio Wanda Metropolitano, em Madrid, Espanha. O caminho até Madrid está em aberto, mas na’ Champions dos milhões’ há um vencedor claro entre Barcelona, ​​Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Tottenham, Ajax e Porto. O maior investimento em contratações é dos citizens de Manchester.

O Manchester City tem o plantel mais caro do futebol europeu. Isto é, somando os valores investidos no atual plantel de Pep Guardiola, observa-se um custo total de 891,6 milhões de euros, pelas contas do “El Economista“. Todos os jogadores tiveram um preço, à exceção do britânico Phil Foden, atleta formado pelo clube inglês. De assinalar que há treze jogadores cujo preço de contratação foi superior aos 40 milhões de euros, nomeadamente: Kevin de Bruyne (76 milhões), Ryad Mahrez (67,8 milhões), Laporte (65 milhões), Raheem Sterling (63,7 milhões de euros), Mendy (57,5 milhões), Pedro (55,6 milhões), Kevin Walker (52,7 milhões), Leroy Sané (50,5-), Bernardo Silva (50 milhões), Otamendi (44,6 milhões), Ederson (40 milhões), Fernandinho (40 milhões) e Agüero (40 milhões).

Logo está o ‘vizinho’ Manchester United, cujo valor total investido no atual plantel ronda os 727,9 milhões de euros. Entre tantos milhões, destacam-se as contratações de Paul Pogba, por 105 milhões de euros, de Romelu Lukaku (84,7 milhões), Anthony Martial (60 milhões) e Fred (44,7 milhões). Em todo o plantel, apenas três atletas – Rashford, Lingard e McTominay – são das ‘escolas’ do United.

A fechar o top3 está o Liverpool, com um gasto em contratações de 595,1 milhões de euros. O holandês Van Dijk (78,8 milhões) e o guarda-redes Alisson (62,5 milhões) representam as transferências mais elevadas de sempre do clube inglês.

Em destaque está também o clube culé. O plantel do Barcelona representa 587,4 milhões de euros investidos em contratações. Leo Messi, Busquets, Sergio Roberto, Aleña e Rafinha não contam para esta contabilidade por serem jogadores da ‘casa’. Mas Coutinho (135 milhões), Dembelé (120 milhões) e Suárez (81,7 milhões) representam os maiores investimentos.

Por fim, e por ordem, os maiores investimentos nos atuais planteis encontram-se na Juventus de Cristiano Ronaldo (448,3 milhões), no Tottenham (299,1 milhões), no FC Porto (148,5 milhões) e nos holandeses do Ajax (93,3 milhões).

 

Ler mais
Relacionadas

Competições europeias: FC Porto em Liverpool e Benfica frente ao Eintracht Frankfurt

Na Liga dos Campeões os ‘dragões’ vão ter pela frente o mesmo adversário da época passada, na altura nos oitavos-de-final. Já as ‘águias” vão enfrentar os alemães com a primeira mão a ser jogada em Lisboa.

Hoje há ‘Jogo Económico’. Como devem os clubes lidar com as claques?

Esta sexta-feira, às 20h00, as relações (nem sempre saudáveis) entre clubes e claques vão estar em debate no programa ‘Jogo Económico’.
Recomendadas

Mbappé: sucessor de Ronaldo no Real Madrid pode levar a ‘loucura’ de 280 milhões de euros

A ‘France Football’ garante que o emblema espanhol tem a oferta pronta para a abertura do mercado de verão. O regresso de Zidane pode ser vital para convencer a estrela francesa de apenas 20 anos, considerado um dos melhores jogadores do mundo.

“Mantenho o que disse”. Ana Gomes não recua frente à acusação do Benfica

Tanto o clube da Luz como Luís Filipe Vieira vão processar Ana Gomes por calúnias, falsas declarações e difamação.

Já viu o ‘Jogo Económico’? Miguel Oliveira acelera Moto GP em Portugal já em 2022

Jorge Pessanha Viegas, presidente da Federação Internacional de Motociclismo, esteve em estúdio e avaliou oportunidade criada com a presença de Miguel Oliveira entre os melhores pilotos do mundo de Moto GP.
Comentários