Ciência à Conversa no Politécnico de Setúbal debate as potencialidades da biorrefinaria

A iniciativa tem como finalidade a divulgação dos novos conhecimentos produzidos no politécnico, num registo informal e acessível a todos.

Como pode a biorrefinaria produzir ingredientes sustentáveis a baixo custo? É esta a questão que os investigadores do Instituto Politécnico de Setúbal vão esclarecer na próxima sessão do ciclo Ciência à Conversa, que decorre esta quarta-feira, 2 de junho, dedicada ao Centro Interdisciplinar de Ciências Químicas e Biológicas, um dos nove centros de investigação do IPS em destaque nesta nova temporada online. O debate tem início às 13h00, dirige-se à comunidade académica, mas está aberta à comunidade local.

Constituído em 2017, o centro de Investigação e Desenvolvimento conta com 13 membros efetivos e dois membros associados, que trabalham com a missão de promover a investigação fundamental e aplicada no domínio das Ciências Químicas e Biológicas.

As docentes Catarina Paz e Carla Santos darão a conhecer projetos de natureza interdisciplinar em curso, nas áreas da Engenharia Química e Biotecnologia, com destaque para os projectos OLIVESIM – Gestão dos serviços de ecossistema no olival utilizando modelos espaciais avançados e REDWINE – Increasing microalgae biomass feedstock by valorising wine gaseous and liquid residue.

Em destaque estarão igualmente a NURSE’IN – Unidade de Investigação em Enfermagem do Sul e Ilhas, e o CiEF-Centro de Investigação em Educação e Formação. A cargo da docente Andreia Cerqueira está a apresentação dos projetos existentes na temática do Bem-Estar, enquanto que Carla Cibele, coordenadora do CiEF, dará conta do desenvolvimento do projeto idoSOS – Intertwined Voices, que investiga estratégias eficazes para quebrar o isolamento social da população idosa em contexto de pandemia.

O Ciência à Conversa realiza-se na primeira quarta-feira do mês, tendo como finalidade a divulgação dos novos conhecimentos produzidos no Politécnico, num registo informal e acessível a todos. Com este ciclo mensal de encontros, o politécnico, através da sua Unidade de Apoio à Inovação, Investigação & Desenvolvimento e Empreendedorismo pretende demonstrar que a ciência está presente em tudo o que fazemos e nas várias dimensões da vida em sociedade, podendo ser tema de conversa numa pausa para almoço.

Recomendadas

Politécnico da Guarda aumenta 30 alunos face a 2020 e esgota cursos de Saúde

Nova licenciatura em Desporto, Condição Física e Saúde preencheu as 30 vagas na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso.

Faculdade de Direito de Lisboa preenche todas as vagas e sobe média para 16,25

Paula Vaz Freire, diretora da faculdade, considera que o resultado é positivo e consolida a FDUL “como escola de Direito de referência em Portugal, não só pelo ensino, mas também pela investigação nos diversos ramos do Direito”.

Cursos de Medicina e Engenharia dominam ranking das notas de entrada no ensino superior

No conjunto dos 25 cursos com notas mais altas figuram sete cursos de Engenharia e 13 de Medicina, incluindo três de Medicina Dentária e um de Medicina Veterinária. O curso que exigiu a nota de entrada mais alta em 2021/2022 é do Técnico: Engenharia Aeroespacial.
Comentários