Combustíveis: Preços da gasolina e gasóleo mantêm-se na próxima semana

Valor de referência da gasolina deve manter-se nos 1,527 euros, enquanto o gasóleo se fixa nos 1,318 euros, segundo dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Os preços de referência da gasolina e do gasóleo vão manter-se sem alteração na próxima semana. O valor de referência da gasolina deve manter-se nos 1,527 euros, enquanto o gasóleo se fixa nos 1,318 euros, segundo dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Na gasolina, o preço que serve de base para os postos de norte a sul do país mantêm-se depois de na semana passada se ter registado um queda de 9 cêntimos. Já no caso do gasóleo, o preço referência mantêm-se após ter caído 1 cêntimo na semana anterior. As cotações podem, no entanto, variar de posto para posto, consoante a oferta e a procura em cada mercado.

Desde o início do ano, os preços da gasolina têm rondado, em média, os 1,499 euros, enquanto os valores de referência do gasóleo têm girado em torno dos 1,277 euros. Os dados do gabinete de estatísticas da União Europeia mostram que Portugal tem dos combustíveis mais caros da Europa, depois de impostos.

Entre os 28 Estados-Membros, o preço médio de referência da gasolina ronda os 1,366 euros por litro, enquanto no gasóleo os preços giram em torno dos 1,247 euros por litro. Já na zona euro, um litro de gasolina custa 1,408 euros e um litro de gasóleo vale 1,241 euros.

 

Os mais económicos (dados DGEG)

Gasolina(s):
Distrigandara – Supermercados, Lda – 1.337€
Pingo Doce Leiria Marrazes – 1,337€
Intermarché São Martinho do Porto – 1,339€
Intermarché Torres Novas – 1,342€
Pingo Doce Estremoz – 1,342€

Gasóleo(s):
Distrigandara – Supermercados, Lda – 1,121€
Pingo Doce Leiria Marrazes – 1,121€
Intermarché Torres Novas – 1,125€
Pingo Doce Torres Novas – 1,125€
Pingo Doce Chamusca – 1,125€

Ler mais

Recomendadas

França e Alemanha investem 150 milhões de euros no desenvolvimento de um novo avião de combate

Este avião vai ter um custo total de quatro mil milhões de euros e só ficará pronto em 2040. Alemanha e França entram com o primeiro investimento e Espanha junta-se no final deste ano.

Endividamento da economia aumentou 3,1 mil milhões de euros em 2019

O endividamento da economia aumentou em termos nominais no final de 2019, face a igual período de 2018. No entanto, em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB) caiu de 352,1% para 341,2%.

Dívida pública caiu para 118,2% em 2019, abaixo das estimativas do Governo

A dívida pública na ótica de Maastricht prossegue uma trajetória descendente, já que diminuiu face aos 122,2%, registados em 2018. Fixou-se ainda abaixo dos 118,9% esperados pelo Governo.
Comentários