Comissão Europeia impõe direito anti-dumping sobre as importações de chapas de aço da China

Empresas chinesas de chapas de aço estão a colocar, sob a forma de dumping, os seus produtos no mercado da UE, revelando margens de dumping entre 120 % e 127 %, segundo investigação da Comissão Europeia.

Alfred Cheng Jin/Reuters

A Comissão Europeia decidiu instituir direitos antidumping definitivos sobre as importações de chapas de aço provenientes da China, segundo informação divulgada pela instituição europeia esta terça-feira em comunicado.

Uma investigação da Comissão, concluiu que as empresas chinesas de chapas de aço estão a colocar, sob a forma de dumping, os seus produtos no mercado da UE, revelando margens de dumping entre 120 % e 127 %.

“Esta concorrência desleal está a causar um prejuízo importante aos produtores da UE. A maior parte dos indicadores de prejuízo revelam uma tendência negativa, nomeadamente em termos de rentabilidade e retorno dos investimentos”, considera a Comissão Europeia, no comunicado divulgado.

As exportações chinesas de chapas de aço passarão a ser tributados com direitos antidumping que variam entre 65 % e 73 %.

Recomendadas

Aicep tem em pipeline novos investimentos de 1,01 mil milhões de euros

Novos projetos de investimento previstos para 2020 devem criar mais de 2100 empregos. O presidente da Aicep, Luís Castro Henriques mantém o optimismo na evolução da economia portuguesa

Sócios de Paulo Fernandes reforçam na Altri. Ana Menéres reduz

O valor de venda foi de 5,8 euros por ação pelo que o reforço custou à Caderno Azul 5,8 milhões de euros e à 1 Thing Investments 14,5 milhões.
Supermercados

Associação das empresas de retalho vai apresentar estudo sobre ‘e-commerce’

O estudo da Deloitte pretende identificar as barreiras existentes em Portugal ao desenvolvimento do comércio digital.
Comentários