Como ler a fatura de eletricidade e gás natural

Pode ser difícil interpretar a sua fatura de eletricidade ou gás natural, mas é importante compreender o que está a pagar para que possa tomar uma decisão acertada quando mudar para um tarifário mais económico.

Em seguida apresentamos-lhe algumas dicas e campos que são obrigatórios na fatura e que o vão ajudar a compreender se está a pagar mais do que outros consumidores pelo mesmo serviço.

  • A sua fatura tem descontos associados? Saiba interpretá-los.

Se dispõe de descontos associados na sua fatura, como desconto pelo pagamento por débito direto e fatura eletrónica, por exemplo de 2 ou 6% nos termos variável e fixo, deve confirmar se efetivamente o desconto está a ser aplicado. Na segunda página da sua fatura encontra-se detalhada essa informação, isto é, estão discriminados o preço variável (€/kWh), o preço fixo (€/dia) e os descontos.

Exemplo: Consideremos os valores apresentados na tabela seguinte para uma fatura de eletricidade.

O valor final a pagar na fatura deverá considerar o desconto de 2%.

Feitas as contas, agora já pode comparar o que realmente está a pagar com as diferentes ofertas do mercado. Se pretender confirmar as contas que efetuou e validar os preços unitários, pode utilizar o simulador Poupa Energia, acessível em poupaenergia.pt que compara entre as 309 ofertas do mercado de eletricidade e gás natural. Pode ainda, através da ferramenta “ajustar preços” nos resultados, colocar o valor que está a pagar para que a simulação fique ajustada ao seu caso.

  • Paga mais no mercado livre do que no regulado? Consulte essa informação na sua fatura.

Sabia que em todas faturas do mercado livre está descrito se está a pagar mais do que na tarifa regulada? Essa informação é obrigatória e consta na sua fatura. Seguem exemplos da informação que pode encontrar, dependendo do seu fornecedor de energia:

No caso de pagar mais no mercado livre do que no regulado, tem duas opções:

    • Escolher um tarifário mais vantajoso do mercado livre (efetuando uma simulação).
    • Procurar um comercializador que disponha uma oferta equiparada “Condições do preço regulado”, que pode contratar mesmo sendo um comercializador de mercado livre, ou caso o seu comercializador não disponha desta tarifa, pode contratar diretamente com o CUR, comercializador do mercado regulado. Pode consultar em https://poupaenergia.pt/tarifa-regulada que comercializadores dispõem desta tarifa, ou então ligar diretamente para a linha de apoio através do 211 160 500.
  • Como aderir a um novo tarifário?

Após efetuar uma simulação no portal Poupa Energia basta clicar em “Aderir” e será contactado no prazo máximo de 5 dias úteis pelo comercializador escolhido.

O novo comercializador irá tratar de todo o processo. Se manteve todas as condições da sua instalação (Potência, Tarifa), não será necessária uma visita ao local de consumo, apenas irá receber a última fatura do seu antigo comercializador, para efeitos de acerto e começar a ser faturado pelo novo.

Consulte outros artigos relacionados com a fatura de energia. Nos artigos “Compreenda a sua fatura de eletricidade” e “Entenda a sua fatura de gás natural” são explicados ao detalhe todos os componentes que paga nas suas faturas.

Ler mais
Recomendadas

Tem carro a gasóleo? Vem aí novo aumento na próxima semana

Já a gasolina vai sofrer uma descida pela segunda semana consecutiva.

Premium“A classe média ainda não pode viver em Lisboa”

CEO e fundador da Essentia explica que, apesar de existir uma estabilização dos preços no mercado da reabilitação urbana, os portugueses que chegam ao centro histórico da cidade pertencem à “classe média alta e alta”.

Governo reforça camas para universitários

No âmbito do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior, as regiões do país ampliam a oferta de residências.
Comentários