PremiumCompal vende 70 milhões de litros de sumos com Centro de Frutologia

Miguel Garcia, diretor de marketing da empresa, realça o papel do centro na promoção da fruta nacional e no acesso a 20 mil toneladas anuais.

O Centro de Frutologia Compal (CFC), criado em 2012, tem sido um instrumento decisivo para alavancar a produção nacional de fruta e o volume de atividade da empresa. Em entrevista ao Jornal Económico, Miguel Garcia, diretor de marketing da Compal, sublinha que a empresa se recusa a revelar dados económicos da sua operação, mas revela que a Compal já supera vendas de 70 milhões de litros de sumos e néctares no mercado interno, trabalhando com 40 produtores e organizações frutícolas nacionais, para assegurar o acesso a 20 mil toneladas anuais de fruta.

Garcia reconhece, contudo, os constrangimentos causados pela pandemia da Covid-19, que levaram inclusivamente a empresa a entrar em processo de procedimento coletivo em 12 de novembro, afectando 80 trabalhadores.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

CAP pede profissionalismo na gestão dos fundos comunitários

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal, Eduardo Oliveira e Sousa, manifestou esta quarta-feira preocupação com a execução do Portugal 2020 e pediu reforço do profissionalismo na gestão dos fundos comunitários.

PremiumQueijo da serra: Feiras digitais salvam sector da pandemia

O queijo da Serra é um dos mais notáveis produtos endógenos de Portugal

Giampaolo Schiratti: “Vamos manter a Dan Cake Portugal como uma empresa autónoma”

CEO do grupo francês Biscuit International disse ao Jornal Económico que espera que o ‘closing’ da operação seja feito até ao fim de março, e não antevê dificuldades ao nível da aprovação pelas Autoridades da Concorrência. O preço da transação não foi revelado.
Comentários