Conferência JE/BEL traz Nobel da Paz a Lisboa

O Jornal Económico, Grupo Bel e a Planetiers promovem no próximo dia 18 de março o primeiro de um ciclo de encontros sobre grandes temas da atualidade. O orador será Mohan Munasinghe, prémio Nobel da Paz de 2007.

É já na próxima segunda-feira dia 18 de março que o Jornal Económico e o Grupo Bel (acionista de referência da Megafin SA, empresa proprietária do nosso jornal) organiza o Ciclo de Encontros que trará a Portugal como orador convidado o académico Mohan Munasinghe, que em 2008 recebeu o Prémio Nobel da Paz enquanto vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), da Organização das Nações Unidas. Esta sessão terá ainda o apoio e a co-organização da Planetiers.

O evento terá a forma de um pequeno-almoço na Sala Belém do Hotel Pestana Palace, em Lisboa, com início previsto para as 8h30 com as boas vindas a estarem a cargo de Filipe Alves, diretor do Jornal Económico, Marco Galinha, CEO e Founder do Grupo Bel e Sérgio Ribeiro, CEO e Co Founder da Planetiers.

A sessão que terá um espaço dedicado a perguntas e respostas a Mohan Munasinghe estará concluída pelas 10h30.

O professor Munasinghe é um dos principais especialistas mundiais sobre sustentabilidade e alterações climáticas, temáticas que se afiguram decisivas para o futuro da Humanidade. Na sua intervenção, na qual contará com a presença do diretor do Jornal Económico, Filipe Alves, abordará os grandes desafios que as mudanças climáticas acarretam para as sociedades e economias mundiais.

Recomendadas

José Ribeiro e Castro: “É importante focarmo-nos nos objetivos das políticas ambientais”

O antigo líder do CDS-PP teme que o poder político olhe para as questões do clima “mais como propaganda do que seriedade de cometimento”.

Planetiers quer fazer de Portugal um país mais sustentável

Esta é uma plataforma que agrega, promove e vende produtos e soluções sustentáveis para a vida do dia-a-dia.

Prémio Nobel Mohan Munasinghe diz que energia nuclear não deve ser excluída das opções

Na conferência “O Mundo depois das Alterações Climáticas”, o especialista em alterações climáticas defendeu a necessidade de “manter todas as opções em aberto”. “O grande inimigo é a insustentabilidade”, referiu o professor do Sri Lanka.
Comentários