Conheça os rótulos europeus de eficiência hídrica e energética e poupe centenas de euros por ano

Nestas imagens fica a conhecer os rótulos para aumentar a poupança. Se utilizássemos equipamentos mais eficientes, o montante a pagar na fatura seria substancialmente reduzido, refere a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Conhecer os Rótulos Unificados Europeus de Eficiência Hídrica e Energética poderá ajudá-lo(a) a poupar milhares de litros de água e centenas de euros por ano. Se utilizássemos equipamentos mais eficientes, o montante a pagar na fatura seria substancialmente reduzido, refere a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco).

Um pouco por toda a Europa, cada país concebeu rótulos que dão conta da quantidade de água e de energia consumidas pelos equipamentos utilizados na casa de banho. Numa época em que tanto se fala em sustentabilidade, a poupança de recursos é inadiável.

Em Portugal, o potencial de eficiência hídrica está calculado entre 30% a 50%, o que significa que, por um lado, existem perdas de água na rede e, por outro, que não poupamos água como deveríamos e poderíamos.

Lançado no início de 2019, o Rótulo Unificado Europeu de Eficiência Hídrica e Energética pretende unir os vários rótulos num só e difundir a mesma escala e imagem, simplificando a mensagem e respondendo às perguntas: quantos litros de água gasta este equipamento e quão eficiente é do ponto de vista hídrico e energético? A questão da eficiência energética aplica-se, por exemplo, a torneiras com sensores, que se ligam e desligam automaticamente, ou a colunas de duche com sistema de hidromassagem.

Após uma fase de transição, em 2021 deverá ser o único rótulo a constar em autoclismos, chuveiros e torneiras. Mais de 160 marcas e 12 mil produtos, num total de 13 categorias, entre torneiras de casa de banho e de cozinha, autoclismos, chuveiros e banheiras, já utilizam o rótulo unificado europeu de eficiência hídrica e energética.

Exemplos dos rótulos agora introduzidos:

 

Caudal independente de pressão: o caudal da torneira é constante, sem depender da pressão da rede. Para que a torneira se encontre nas duas melhores categorias do rótulo, terá obrigatoriamente de possuir esta característica.

Cold start: a posição central do manípulo da torneira é referente à água fria. O manípulo apenas funciona na posição central (água fria) e na posição à esquerda (água quente). Com esta funcionalidade, quando a torneira se encontra na posição central, não existe consumo de energia para aquecer a água.

Controlo por sensor: após a utilização, a torneira ativada por sensor terá de se desligar, no máximo, até dois segundos. O tempo total de funcionamento não pode ultrapassar os dois minutos.

Eco-stop: resistência à abertura máxima. Quando se abre o manípulo da torneira, há um bloqueio antes da abertura total.

Resistência a temperaturas extremas: quando se gira o manípulo da torneira para a esquerda (água quente acima dos 38º C), o utilizador sente um bloqueio que dificulta a colocação do manípulo nesta extremidade. É possível, assim, poupar energia no aquecimento da água.

Termóstato: as torneiras com termóstato mantêm a temperatura da água constante, independentemente da variação na pressão da rede. Nos sistemas de duche, permite desligar a água durante o banho. Quando se volta a ligar a torneira, a temperatura será exatamente a mesma, poupando água e energia. As torneiras com termóstato vêm calibradas de fábrica com um sistema de segurança que as regula para 38º C.

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Poupar ou investir? Saiba como gerir o reembolso do IRS. Veja o “Economize”, programa de finanças pessoais

Acompanhe o “Economize” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Saiba algumas das medidas aprovadas para reagendamento de eventos

Tem bilhete para um festival ou espectáculo de Verão? Saiba que foram aprovadas novas medidas que contemplam os casos especiais de reagendamento de eventos inicialmente marcados para 2020 e, que, face à evolução da pandemia apenas ocorram em 2022, bem como espetáculos em 2021. Mas, e porque a DECO está preocupada com os direitos e […]

“Desigualdade nas comissões bancárias não preocupa Provedoria de Justiça”, diz Deco

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) alerta que a  lei que proíbe a cobrança de comissões pelo processamento de prestações de crédito discrimina milhões de consumidores. Treze milhões de contratos de crédito ficam de fora das novas regras. Deco diz que denunciou esta desigualdade à Provedoria de Justiça, mas que não foi ouvida.
Comentários