Contratos precários aumentam 1,8 pontos percentuais entre 2008 e 2017

Portugal é depois da Croácia o país europeu onde o trabalho precário mais subiu neste período.

Apesar da recuperação do emprego que se verifica desde 2013, os contratos precários cresceram 1,8 pontos percentuais entre 2008 e 2017, de acordo com uma análise efetuada pelo Jornal de Notícias/Dinheiro Vivo com base em dados do Eurostat.

Segundos os últimos dados do departamento de estatísticas da União Europeia, Portugal está no segundo lugar da lista de países com mais contratos precários: 2,9% em 2017, mais do dobro do que se verificava em 2008.

A análise do JN/Dinheiro Vivo incide sobre os contratados não permanentes de duração igual ou inferior a três meses entre 2008 e 2017 e revela que no primeiro ano desse período, os contratados representavam 1,1% dos trabalhadores por conta de outrem. Em 2011, o pior ano neste tipo de vínculos, os contratados chegaram a representar 3,6% dos trabalhadores por conta de outrem. Em 2017, o peso dos contratados era de 2,9%.

Na União Europeia, somente a Croácia apresenta um valor superior ao Portugal, com um aumento de 3,6 pontos percentuais entre 2008 e 2017.

Recomendadas

Hoje há debate quinzenal com o primeiro-ministro sobre políticas ambientais e de valorização do território

Na agenda parlamentar de hoje destacam-se também o debate preparatório do Conselho Europeu e o debate com a participação do Governo sobre os instrumentos de governação económica da União Europeia. A próxima reunião do Conselho Europeu vai realizar-se nos próximos dias 20 e 21 de junho, para tomar decisões sobre as nomeações para o novo ciclo institucional e para adotar a Agenda Estratégica 2019-2024.

Presidente da União das Mutualidades nacional assume vice-presidência da União Mundial das Mutualidades

O Movimento Mutualista congrega cerca de uma centena de mutualidades, abrangendo dois milhões e meio de beneficiários, o equivalente a um quarto da população portuguesa. A proteção social, saúde, educação, ação social, turismo e lazer, caixas económicas, secções fúnebres, formação profissional, artes e cultura são áreas em que o Mutualismo atua.

PJ detém português suspeito de colaborar com o Estado Islâmico

O suspeito estava radicado no Reino Unido, de onde prestava apoio a combatentes da organização terrorista conhecida como Daesh.
Comentários