Coronavírus: companhias aéreas já perderam dois mil milhões em bolsa

Entre as companhias aéreas mais afetadas destacam-se a International Airlines Group (IAG) detentora da British Airways, Iberia, Air Europa e Vueling, que registou perdas superiores a 6%.

Com os governos um pouco por todo o mundo a desaconselharem os seus cidadãos a viajar de e para a China, as companhias aéreas já começaram a registar perdas significativas e o ritmo parece estar a aumentar. Segundo o El Economista, As cinco principais companhias aéreas europeias já perderam dois mil milhões de euros em bolsa.

Entre as companhias aéreas mais afetadas destacam-se a International Airlines Group (IAG) detentora da British Airways, Iberia, Air Europa e Vueling, que registou perdas superiores a 6%. Adicionalmente, a Air France-KML e a Lufthansa perderam 6,91% e 6,14% respetivamente.

Para combater a falta de procura, a Air France-KML apresentou descontos a rondar os 16%, por sua vez a Lufthansa reduziu os custos para os consumidores em 13%. Ambas as companhias estão bastante expostas ao mercado asiático, no caso da companhia francesa a percentagem corresponde a 22%, e a alemã 24%.

À medida que o coronavírus se continua a alastrar por várias regiões, o medo paira sobre as companhias aéreas e, estende-se aos setores da hotelaria e reserva de viagens, mas também, ao setor do consumo, especialmente o do luxo, visto que 35% da procura mundial diz respeito ao mercado asiático.

Ainda assim nem tudo são más notícias para o grupo IAG, tendo em conta que os analistas responsáveis pela conotação da empresa, continuam irredutíveis mantendo o otimismo na compra de ações, ao recomendarem o potencial de crescimento do grupo em 18%.

Relacionadas

Madeira está a preparar-se para eventual surto de coronavírus, garante Iasaúde

O presidente do Iasaude diz que a Madeira vai “criar condições nos diferentes setores”, mas que continua a achar que, neste momento, “a probabilidade é muito reduzida de ter um surto na região”.

Coronavírus: Embaixada de Portugal em Pequim prepara-se para retirar cidadãos portugueses

Portugal não é exemplo único na Europa já que também países como Espanha e França estão em contacto com as autoridades chinesas a discutir as possíveis soluções para transportar os seus cidadãos aos respetivos países de origem.

Ouro atinge máximos desde 2013 devido à propagação do coronavírus

A cotação da onça de ouro registou hoje novos máximos desde 10 de abril de 2013 ao atingir 1.585,73 dólares.
Recomendadas

Avaliação da ‘performance’ de uma estratégia de investimento

O retorno de uma estratégia de investimento tem sempre de ser ajustado ao risco incorrido. Esta é a primeira consideração de uma avaliação.

Do ministério das Finanças para governador do Banco de Portugal? “Já houve três precedentes, todos do PSD”

As passagens diretas entre o Terreiro do Paço e o supervisor bancário aconteceram durante os governos de Cavaco Silva, recordou Marques Mendes que garante que Mário Centeno vai assumir o cargo de governador ainda este ano. Dos três nomeados, apenas Miguel Beleza era ministro.

PremiumMargarida Marques: “A última coisa que queremos é um conflito institucional”

Correlatora para o Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027 diz que o Parlamento Europeu não terá problemas em rejeitar proposta do Conselho Europeu, mas espera avanços após cimeira extraordinária.
Comentários