Corum reforça aposta no mercado nacional com abertura de escritório em Portugal

A gestora francesa de fundos de investimento gere ativos avaliados em mais de três mil milhões de euros. Com sede em França, a Corum Investments conta com escritórios em Paris, Lisboa, Londres, Dublin, Amesterdão, Viena e Singapura.

A Corum, sociedade gestora independente focada em soluções de investimento com ativos avaliados em mais de três mil milhões de euros, acaba de anunciar a abertura de um escritório em Portugal.

Em Portugal, a Corum já investiu, através dos seus fundos, 60 milhões de euros na aquisição de 11 imóveis em vários pontos do nosso país. Estas aquisições, foram feitas através dos fundos Corum Origin e Corum XL, que investem na compra de imóveis comerciais para arrendar a empresas, fazendo ainda a gestão interna dos edifícios e distribuindo os rendimentos pelos subscritores dos fundos. Atualmente os fundos Corum contam com mais de 40 mil subscritores.

Sobre a aposta nas novas instalações, o diretor da Corum em Portugal, José Gavino, detalha, em comunicado, que traduz a aposta no mercado nacional, contando para tal com equipas financeira, comercial e de marketing dedicadas exclusivamente ao mercado português.

Sobre a atividade da empresa em França, José Gavino explica ainda que “fundos imobiliários como os da Corum são instrumentos comuns de poupança” e salienta que existem há 50 anos e têm hoje mais de um milhão de subscritores. No total gerem ativos que ultrapassam os 50 mil milhões de euros e os subscritores são maioritariamente pequenos aforradores que procuram soluções de poupança de longo prazo e com baixo risco. Em seu entender, “a política de transparência e o dividendo mensal distribuído pelos subscritores são duas características que tornam os fundos da Corum únicos no mercado português. Os subscritores podem ainda reinvestir o valor dos dividendos e reforçar a sua posição”.

Recomendadas

Havia 10,6 milhões de euros sob gestão nos fundos de investimento imobiliário em dezembro

A Interfundos (12,5%), a Square AM (11,3%) e a Caixa Gestão de Ativos (9,2%) detinham as quotas de mercado mais elevadas em dezembro.

EDP vai continuar a “analisar oportunidades” na energia solar e hidrogénio verde em Portugal

Miguel Stilwell de Andrade, o novo presidente executivo da maior empresa da bolsa de Lisboa, esteve hoje reunido com os jornalistas depois de ser nomeado para o cargo pelos acionistas. “Estamos sempre disponíveis para analisar oportunidades que possam existir de investir” na energia solar e hidrogénio verde em Portugal.

Governo diz que CGI “é soberano” na forma de escolher o novo conselho de administração da RTP

Conselho Geral Independente da RTP inicia em breve o processo de seleção do próximo conselho de administração da RTP, através de uma empresa especializada em recrutamento. BE entende que deveria ser por concurso internacional. Governo diz que cabe ao CGI decidir como fazer a seleção.
Comentários