CP: 36 carruagens compradas em Espanha com amianto vão ser descontaminadas até dezembro

O ministro das Infraestruturas comunicou hoje que 12 carruagens já foram descontaminadas e que as restantes vão ser descontaminadas nos próximos meses.

Pedro Nuno Santos

As 36 carruagens compradas em Espanha que contêm amianto vão ser descontaminadas até dezembro, garante a CP, segundo disse hoje o ministro das Infraestruturas.

“Desde a compra à RENFE, a existência de amianto em algumas das carruagens foi assumida pela CP. Das 36, neste momento já estão 12 sem amianto e com certificado, 2 em fase de descontaminação e as 36 ficarão limpas até dezembro”, escreveu hoje Pedro Nuno Santos nas redes sociais, citando um esclarecimento da CP, empresa sob a sua tutela.

“A empresa que está a realizar esse trabalho de descontaminação é certificada e autorizada pela ACT. A descontaminação está a ser efetuada em área perfeitamente segregada da Oficina de Reparação de Material Circulante e todas as carruagens são previamente confinadas”, acrescenta.

“Por cada carruagem, após descontaminação, é emitido: – um relatório de medição da concentração de fibras em suspensão no ar por um Laboratório Especializado no controle de Fibras; – certificado livre de amianto por carruagem pela empresa responsável pela descontaminação”, de acordo com a empresa pública.

O jornal galego “La Voz de Galicia” avançou esta semana que as 36 carruagens da série 2000, conhecidas por Arco, que a CP comprou à espanhola RENFE por 1,65 milhões de euros precisamente por conterem amianto.

Já a Renfe disse à Lusa que uma das condições do contrato de compra e venda das carruagens era a remoção do amianto, a ser efetuado em Portugal.

Ler mais
Relacionadas

Renfe diz que contrato prevê que CP retire amianto de carruagens vendidas

Fonte da ferroviária pública espanhola confirmou hoje à agência Lusa que “algumas das carruagens” têm amianto e que “uma das condições do contrato” de compra e venda prevê que a CP “faça a retirada” desse material, considerado nocivo para a saúde pública, durante o seu processo de requalificação.

CP sabia do amianto nas carruagens compradas à Renfe e ficam limpas até dezembro

Em causa está uma notícia avançada pelo Jornal Económico, com base numa outra do La Voz de Galicia, que refere que o conjunto de comboios usados adquiridos pela CP à espanhola Renfe “envolvem um risco acrescido devido ao facto de entre os seus materiais se contar o amianto”.

Comboios comprados pela CP à Renfe foram retirados de serviço devido ao amianto

Renfe retirou os comboios de serviço devido ao amianto se encontrar entre os seus materiais, mas a CP não considerou existir qualquer perigo e pagou 1,65 milhões de euros para poder usar essas composições do lado português, segundo uma notícia avançada pelo jornal ‘La Voz de Galicia’.
Recomendadas

Airbus revela três protótipos de aviões a hidrogénio

A construtora aeronáutica quer tomar a dianteira da transição energética no seu setor, apostando no hidrogénio como o combustível para os protótipos que esta segunda-feira deu a conhecer. Mas a entrada ao serviço só vai ter lugar a partir de 2035.

Bruxelas dá ‘luz verde’ à venda da Brisa a consórcio internacional

A DG Comp aprovou a venda da Brisa ao consórcio formado pelo holandeses APG, pelos coreanos NPS e pelos suíços da SLAM. Grupo José de Mello continua com uma posição de 17%.

CTT faz parceria com startup Offcoustic para instalar cabines telefónicas em escritórios

O operador postal é responsável pela venda, transporte e montagem de “phone booths” nas empresas que estão a retomar a sua atividade presencial.
Comentários