Crise no Sporting: órgãos sociais anteciparam demissões que iriam ocorrer após final da Taça

Demissões no Conselho Fiscal e Assembleia Geral já estavam planeadas ainda antes dos incidentes em Alcochete, segundo fonte próxima ao processo. Com o agravamento da crise no Sporting CP, decisão ia ser anunciada depois da final da Taça de Portugal mas acabou por ser antecipada.

As demissões no Conselho Fiscal e da Assembleia Geral do Sporting CP, que decorreram ao início da tarde de hoje, foram antecipadas sendo que as mesmas estavam previstas acontecer após a realização da final da Taça de Portugal para “não destabilizar” o clima interno que se vive antes do jogo no Jamor, de acordo com fonte próxima ao processo.

Alguns membros destes órgãos sociais já tinham tomado a decisão da demissão ainda antes dos incidentes na Academia de Alcochete, nomeadamente depois dos episódios que se seguiram ao jogo com o Atlético de Madrid.

“Estava decidido anunciar a demissão [da Mesa da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal e Disciplinar] na segunda-feira, após a final da Taça para não destabilizar. Mas já está tudo destabilizado, não valia a pena continuar. Por isso, a formalização foi antecipada”, revela fonte próxima ao processo ao “Jornal Económico”.

Relacionadas

Crise no Sporting: processo disciplinar instaurado a Bruno de Carvalho

Medida foi instaurada esta manhã contra o presidente do clube de Alvalade. Decisão surgiu momentos antes dos próprios membros da Assembleia Geral se demitirem em bloco.

Mesa da Assembleia-Geral do Sporting demite-se

O presidente e vários membros do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting também apresentaram hoje a demissão e apelaram ao presidente do clube lisboeta, Bruno de Carvalho, e à restante direção que renunciem também aos cargos.

Sporting perde mais de dois milhões em bolsa esta quinta-feira, após apenas duas transações

A descapitalização do Sporting CP na bolsa nacional ocorre no dia seguinte ao esclarecimento que o clube de Alvalade deu à Comissão dos Mercados e Valores Mobiliários. Segundo o clube, nenhum atleta ou membro da equipa técnica está suspensou ou viu o seu contrato rescindido ou manifestou intenção de rescisão.

José Maria Ricciardi e o Sporting: “os prejuízos nunca serão menos de 100 milhões”

“Não sei quais são os jogadores que vão rescindir”, admitiu José Maria Ricciardi na entrevista à SIC Notícias.

Sporting: Direção pede Assembleia-Geral extraordinária para analisar situação

A direção do Sporting solicitou esta sexta-feira uma Assembleia-Geral extraordinária para analisar a situação atual, um dia depois das agressões a futebolistas do clube, registadas na Academia de Alcochete.

Sporting CP diz que nenhum jogador manifestou interesse em rescindir contrato de trabalho

“Não há qualquer suspensão ou rescisão do vinculo laboral de qualquer dos elementos da equipa técnica do plantel principal de futebol profissional”; adiantou a SAD, em comunicado.
Recomendadas

E-toupeira: novos emails divulgados indiciam ofertas a árbitros

“Correio da Manhã” e “Record” noticiam mensagens publicadas no blog intitulado “Mercado de Benfica” indiciam a existência de ofertas a árbitros, que incluem prostituição e o pagamento de contas de hotel, assim como registam a existência de uma relação estreita entre o Benfica e as suas claques.

Lucros do Benfica caem 53,7% para 20,5 milhões

O clube encarnado anunciou à CMVM lucros de 20,58 milhões de euros no exercício de 2017/2018, o que corresponde a uma queda de 53,7% face aos 44,53 milhões na época passada.

Transferências milionárias são um problema no futebol? FIFA prepara uma revolução

De acordo com um relatório da FIFA, encomendado por Gianni Infantino, o presidente do organismo máximo do futebol internacional pretende introduzir alterações no mercado de transferências. Entre os vários problemas, a especulação é a grande visada. Para já, é de esperar um limite aos empréstimos.
Comentários