De Félix a Ferro. Em cinco meses, Bruno Lage ‘injetou’ 35 milhões de euros no plantel do SL Benfica

Chegou em janeiro com o SL Benfica em 4º lugar e a sete pontos do líder e campeão em título, FC Porto. Cinco meses depois, e com a conquista do 37º título, estes são os cinco jogadores que mais beneficiaram com a chegada de Bruno Lage.

Filipe Amorim / Global Imagens

A entrada de Bruno Lage garantiu para já uma valorização de 35 milhões de euros do plantel do SL Benfica, de acordo com dados do site Transfermarkt e que permitem perceber que atletas mais foram valorizados desde a chegada do antigo técnico da equipa B à equipa principal.

O técnico natural de Setúbal rendeu Rui Vitória (despedido após derrota em Portimão por 2-0 no comando técnico do clube da Luz a 3 de janeiro deste ano, quando o SL Benfica se encontrava em quarto lugar na I Liga a sete pontos do líder e campeão em título, FC Porto.

O rosto mais visível nas mudanças de Bruno Lage no plantel do SL Benfica é o jovem avançado João Félix. Lançado esporadicamente por Rui Vitória, João Félix e promovido à titularidade pelo novo técnico que o conhecia bem da equipa B dos ‘encarnados’. O resultado desta aposta está à vista: 26 jogos na Liga com 15 golos marcados e sete assistências. De acordo com o site Transfermarkt, a chegada de Félix ao ‘onze’ e a performance demonstrada até à conquista da Liga, valeu ao jovem avançado uma incrível valorização de 20 milhões de euros em pouco mais de cinco meses. Quando Bruno Lage agarrou na equipa principal de futebol do SL Benfica, João Félix valia 15 milhões de euros e, cinco meses e um título campeão nacional depois, essa valorização disparou para os 35 milhões de euros mas pode não ficar por aqui. Se não houver qualquer impedimento, o avançado deverá integrar os convocados de Fernando Santos para a Liga das Nações e, se a prova for favorável às cores portuguesas, o Benfica verá o seu ativo mais valioso crescer ao nível dos milhões de euros

Apesar de Félix ser o rosto mais visível desta mudança, não foi apenas o avançado a beneficiar da chegada de Bruno Lage. O central Ferro e o médio-defensivo Florentino reforçaram a equipa principal em janeiro deste ano, vindos da equipa B. Os jovens valores do SL Benfica não se limitar a aumentar o leque de opções já que Bruno Lage, que os conhecia do Seixal, lançou-os de imediato na equipa principal destronando valores que pareciam seguros como Jardel e Fejsa. Segundo o Transfermarkt, Ferro valia em janeiro deste ano cerca de 1,5 milhões de euros e com a chegada ao onze titular, o seu passe está agora avaliado em 5 milhões de euros: uma valorização de 3,5 milhões de euros. Quanto a Florentino, o jovem médio-defensivo valia 2,5 milhões quando Bruno Lage chegou à equipa principal e, cinco meses depois, o Transfermarkt atribui-lhe uma valorização de 10 milhões de euros, mais 7,5 milhões de euros.

No meio-campo reflete-se ainda as apostas de Bruno Lage: Samaris e Gabriel, dois jogadores que a determinado momento perderam peso com Rui Vitória, ganharam novo fôlego com Lage. O grego Andreas Samaris, que em virtude uma maior utilização com Lage renovou contrato por mais quatro anos com o clube da Luz, valia 4 milhões de euros com Rui Vitória e vale agora seis milhões de euros. Quanto a Gabriel, o médio luso-brasileiro estava avaliado em oito milhões de euros quando Lage chegou à equipa principal e vale agora 10 milhões de euros, segundo o site Transfermarkt.

 

 

Ler mais
Relacionadas

‘Encarnados’ recebidos segunda-feira na câmara de Lisboa

“Os novos campeões nacionais serão recebidos nos Paços do Concelho, segunda-feira, 20 de maio, às 18:00’, informou o município.

Benfica é campeão e já há contas para o dinheiro da Champions

Precisava apenas de um empate, mas ganhou. O F.C. Porto também , mas de pouco lhe valeu. O acesso direto à Champions pode valer aos novos campeões mais de 40 milhões de euros.

SAD do Benfica emite 40 milhões de euros em empréstimo obrigacionista

A operação incluiu uma oferta pública de venda de títulos, intitulada “Benfica SAD 2019-2022” e uma oferta de troca voluntária e parcial das obrigações “Benfica SAD 2017-2020”. Nesta última, que correspondeu a 11,5 milhões, a SAD do Benfica procurou o alargamento da maturidade para 2022 das obrigações que venciam em 2020.
Recomendadas

Relação agrava pena de subcomissário que agrediu adeptos do Benfica em Guimarães

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em maio de 2015.

Relação agrava pena de subcomissário que agrediu adeptos do Benfica em Guimarães

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em maio de 2015.

Brexit ao contrário: como a Premier League domina futebol europeu

Duas finais europeias, quatro equipas inglesas (três das quais londrinas): Champions e Liga Europa. Nunca se viu nada assim no ‘Velho Continente’. A Premier League tomou a Europa de ‘assalto’ e gera receitas ímpares. A maior ameaça ao modelo de negócio é interna.
Comentários