Desemprego custa a Messi cerca de 100 mil euros por dia

O “L’Equipe” fez as contas ao salário de Leo Messi e concluiu, de acordo com uma capa de janeiro deste ano que assegurava que o avançado auferia 138,90 milhões de euros brutos por temporada (74,90 milhões de euros limpos), que Leo Messi estará a deixar de ganhar 100 mil euros limpos por dia.

Leonel Messi

Leo Messi, o avançado argentino de 34 anos, deixou de ganhar 100 mil euros por dia desde que acabou o contrato com o FC Barcelona no final do mês passado, estima o jornal desportivo francês L’Equipe.

O astro argentino está desde 1 de julho sem contrato pela primeira vez na sua carreira e disputa esta noite a final da Copa América frente ao Brasil. No entanto, a próxima temporada ainda é uma incógnita e Leo Messi continua sem saber onde vai jogar.

O “L’Equipe” fez as contas ao salário de Leo Messi e concluiu, de acordo com uma capa de janeiro deste ano que assegurava que o avançado auferia 138,90 milhões de euros brutos por temporada (74,90 milhões de euros limpos), que Leo Messi estará a deixar de ganhar 100 mil euros limpos por dia.

Na sua carreira, Leo Messi marcou 705 golos, 634 dos quais ao serviço do FC Barcelona. O craque argentino acumula recordes individuais, como por exemplo as seis bolas de ouro conquistadas, único jogador a vencer os prémios de melhor marcador e mais assistências numa temporada da La Liga, mais jogos, golos e vitórias na La Liga, mais troféus da ‘Bota de Ouro’ na história do futebol (seis), recorde de jogos pelo FC Barcelona (768), recorde de golos num ano civil (91), entre muitos outros.

Recomendadas

Rui Costa é candidato à presidência do Benfica

Rui Costa vai candidatar-se à presidência do Benfica nas eleições para o quadriénio 2021-2025, marcadas para 09 de outubro, anunciou hoje o ex-futebolista internacional português, que assumiu a liderança do clube lisboeta após a demissão de Luís Filipe Vieira.

“Jogo Económico”. “Mundial a cada dois anos irá banalizar a competição? Poder do dinheiro não se importa com isso”

O Mundial de dois em dois anos parece ser a solução para que a FIFA possa fazer frente a uma quebra de receitas de mais de 100 milhões que se espera até ao Mundial do próximo ano. Veja a análise a este tema por parte do painel do programa da plataforma multimédia JE TV.

Dakar 2022 arranca em janeiro na Arábia Saudita com mais participantes, mas menos investimento

O preço da inscrição varia entre os 15.700 euros (moto ou quadriciclo) e os 39.400 euros (camiões). A corrida movimenta entre três a quatro mil pessoas entre staff e participantes.
Comentários