PremiumDetetar ‘fake news’ eleitorais já é oportunidade de negócio

Empresa portuguesa Visionware junta recursos informáticos e humanos para detetar ataques contra os candidatosque são seus clientes e repor a verdade. Algo que significa a “verdade do cliente”, tirando nos casos mais graves.

Os ataques informáticos são cada vez mais uma constante de todos os dias e, como não podia deixar de ser, as eleições (no caso, as autárquicas) “constituem um pico” de atividade ilegal, com a multiplicação de veículos de disseminação de notícias falsas que visam “partidos, candidatos e tudo o que envolve as campanhas”, num cenário em que a simples observação empírica da realidade das redes sociais já não é suficiente para a sua deteção.

Bruno Castro, CEO da Visionware, líder do mercado na área da segurança informática, tem nestas alturas trabalho reforçado. “A pandemia trouxe para a Internet tudo o que ainda não estava lá”, explica, ciente de que a rede global passou a ser “o ponto de encontro” de tudo e de todos. “Nos últimos 18 meses, a atividade em termos de notícias falsas aumentou muito”, e por definição o momento eleitoral é especialmente delicado. Sem poder revelar a identidade dos seus clientes nesta área, afirma que já é praticamente impossível, a qualquer candidato ou candidatura, gerir este tipo específico de ataque.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Qual o papel das novas tecnologias no mundo do direito? Veja o “Falar Direito” com a advogada Paula Gomes Freire

A advogada Paula Gomes Freire, sócia da Vieira de Almeida e Associados, foi nomeada managing partner do escritório num mandato que terá início em fevereiro do próximo ano. Nesta entrevista conduzida por Filipe Alves, diretor do JE, a advogada explica qual a sua perspetiva sobre o papel das novas tecnologias no mundo do direito.

EDP assegura contrato de 15 anos para projeto solar no Brasil

O contrato de aquisição de energia (CAE) tem como base o projeto solar ‘Monte Verde’ de 209 megawatts situado no estado do Rio Grande do Norte, sendo que a operação deverá arrancar em 2024.

Liberty lança canal de venda direta de seguros automóvel em Portugal (com áudio)

A Génesis by Liberty Seguros é a marca de seguro direto criada para o ramo automóvel, cerca de um ano depois de ter anunciado um investimento de 100 milhões de euros em tecnologia para operar o seu negócio na cloud pública.
Comentários