Dez empresas e instituições sociais vão ganhar 33.300 euros para apoiar idosos

O programa ‘Mais Ajuda’ somou 333 mil euros para premiar projetos de inovação social – de IPSSs (ou equiparadas) e de Startups (ou empresas de empreendedorismo social) capazes de promover um envelhecimento “mais feliz” dos idosos em Portugal.

A segunda edição do programa ‘Mais Ajuda’, elegeu como vencedores dez projetos de inovação social entre as mais de 730 candidaturas recebidas que, segundo o júri, demonstraram capacidade em dar “novas respostas aos desafios da população idosa, nomeadamente ao nível do combate à solidão e ao isolamento, e apoio aos cuidadores”.

O programa ‘Mais Ajuda’ junta o Lidl e as rádios Renascença, RFM e Mega Hits, em parceria com a Beta-i – e que, com a ajuda das escolhas dos portugueses, que no Natal passado optaram por comprar produtos Deluxe, somou 333 mil euros para premiar projetos de inovação social – de IPSSs (ou equiparadas) e de startups (ou empresas de empreendedorismo social) capazes de promover um envelhecimento “mais feliz” dos idosos em Portugal.

O anúncio dos vencedores contou com a participação do Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, que frisou que “o programa Mais Ajuda está totalmente alinhado com o plano de ação do Governo para a transição digital, na medida em que traz respostas a problemas sociais, promove a inclusão e ajuda a combater as desigualdades. Temos aqui o melhor da nossa sociedade, por um lado a generosidade da ação social – que serve uma população mais vulnerável – e, por outro, a criatividade e toda a vitalidade que o ecossistema de empreendedorismo nos pode trazer, inovando e reinventando novas soluções”

“Este programa ‘Mais Ajuda’ dá, por isso, um contributo muito relevante ao promover este estímulo e mostrando uma componente menos visível de algumas empresas: a responsabilidade social, neste caso do Lidl, que promove com investimento, trazendo vários parceiros a bordo e, por essa via, criando uma resposta social que é muitíssimo relevante, cumprindo uma missão que está para lá da atividade comercial”, acrescentou André Azevedo.

Projetos vencedores

Startups:

  • Associação 55 Mais;
  • Associação Juvenil Transformers;
  • Careceiver;
  • Seniorbiz (Simplio);
  • Wisify Tech Solutions;

IPSSs:

  • AMARA – Associação pela Dignidade na Vida e na Morte;
  • Associação Rede de Universidades da Terceira Idade (RUTIS);
  • Centro Social Paroquial de Meãs do Campo;
  • Cruz Vermelha Portuguesa;
  • Misericórdia de Pampilhosa da Serra;

O coordenador do Instituto Multidisciplinar do Envelhecimento, Rodrigo Cunha, salientou igualmente a importância de um envelhecimento ativo e saudável, destacando o trabalho que esta organização, pioneira a nível nacional na área de investigação nesta faixa etária, visa desempenhar, e cujo objetivo é ser o primeiro centro de referência no Sul da Europa, focado no envelhecimento.

Entre as mais de 730 candidaturas recebidas, entre janeiro e fevereiro, foram distinguidos 10 projetos que receberão 33.300 euros cada um e, complementando este apoio monetário, terão ainda acesso a um programa de aceleração, onde, ao longo de seis semanas, integrarão sessões de mentoria com especialistas em gestão, tendo igualmente acesso a ferramentas de apoio no desenvolvimento dos seus projetos ou implementação de novas ideias.

O painel de júris responsável pela escolha dos projetos foi composto por Filipe Almeida, presidente da iniciativa Portugal Inovação Social, Isabel Figueiredo, adjunta do presidente do Grupo Renascença Multimédia, Luís de Melo Jerónimo, diretor Social Cohesion Programme da Fundação Calouste Gulbenkian, Pedro Rocha Vieira, CEO e co-fundador da Beta-i – representado nesta emissão por Diogo Teixeira, COO e co-fundador da Beta-i  – e Vanessa Romeu, diretora de Comunicação Corporativa do Lidl Portugal.

Ler mais
Recomendadas

Associações pedem ao Presidente da República que promulgue mudança da tutela dos animais de companhia

Em causa está a decisão de passar a tutela dos animais de companhia – incluindo dos animais errantes – para a alçada do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, mais concretamente para o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

CAP vê no ‘Green Deal’ um “documento de marketing da Comissão Europeia”

A última conferência do ciclo para a concretização de uma visão estratégica para o agroalimentar em Portugal realiza-se esta quarta-feira, com a participação de Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Hector Lujan, presidente e CEO da Reiter Affiliated Companies e Ana Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde, entre outros.

Covid-19: França regista 43.505 novos casos

O número de casos em França continua a subir, mas os números de hospitalizações estão a descer, assim como o número de pacientes em estado grave, anunciaram esta quarta-feira as autoridades francesas.
Comentários