PremiumDigitalização dos pés à cabeça. O que dita o sucesso dos empresários portugueses?

Nos universos do calçado e do têxtil, proliferam casos de sucesso protagonizados por empresários que não perderam o comboio da digitalização e inovação. A estes, juntam-se já alguns negócios ‘digitalmente nativos’.

Depois de mais de meio século dedicada ao calçado, garantindo nunca se ter desviado um milímetro da ideia original da criação do primeiro sapato e da marca, a portuense Ropar, fundada em 1966, chega aos dias de hoje rejuvenescida e com os pés bem fincados em 40 países, nos cinco continentes. Uma das suas bandeiras é a Arcopedico, uma marca reconhecida mundialmente.

“Pretendemos ser uma marca que prima pela proximidade, consciente e atenta às últimas tendências de moda. Para isso, integramos a tecnologia e inovação, sem nunca perder a essência que tão bem nos caracteriza. O ADN da Arcopedico é a comunicação fiel à personalidade dos produtos e uma aliança da melhor tecnologia à conservação da qualidade”, afirma ao JE, um dos sócios e neto do fundador, Elio Parodi.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumHuawei e JE debatem esta terça-feira o papel da tecnologia na recuperação económica

Arranca esta terça-feria o ciclo de conferências online promovido pelo JE e Huawei sobre que papel vai desempenhar a tecnologia na recuperação económica. Assista em direto às 11h00 no site e nas redes sociais do JE.

PremiumEquipamentos de proteção individual geram 110 denúncias junto da Deco

Deco diz que cobrança é ilegal se consumidor não for informado previamente. Associação de Administradores Hospitalares defende referencial máximo no privado.

PremiumCEO da Transavia: “Portugal é o nosso primeiro mercado”

Nathalie Stubler diz que as medidas tomadas no nosso país facilitaram a reabertura das operações.
Comentários